Não é só no Brasil que ladrões em motos fazem a festa: em Londres, os roubos e furtos realizados por criminosos em motocicletas também acontecem com certa frequência. A diferença é que, para combater isso, a polícia londrina está considerando utilizar drones para perseguir os ladrões.

Durante o evento da Police and Crime Committee, o delegado Craig Mackey comentou que as autoridades podem utilizar os drones como uma alternativa segura para perseguir "as gangues motorizadas" pela cidade, de acordo com o Evening Standard.

Os "roubos motorizados" vêm crescendo em Londres nos últimos 12 meses, com mais de 3 mil roubos de smartphones, por exemplo, já registrados na capital — principalmente nos bairros de Camden e Islington.

A utilização de VANTs é muito mais barata e segura para a polícia

A mudança para os drones começou a ser considerada depois que um jovem de 18 anos, chamado Henry Hicks, faleceu por causa de uma perseguição em alta velocidade. Hicks não era suspeito de crime e morreu tentando desviar de duas viaturas policiais — que estavam atrás de criminosos —, em 2014.

"A opção de veículos aéreos não tripulados (VANTs, ou drones) para perseguir suspeitos usando veículos de duas ou quatro rodas está sendo discutida em nível nacional pelo conselho de polícia e o Centre for Applied Science and Technology", comentou a polícia local.

Ao Standard, o expert em aviação Julian Bray disse que "seria muito mais barata a utilização de VANTs, e os drones poderiam até indicar melhor a localização do suspeito para as unidades em terra".

Cupons de desconto TecMundo: