Imagem de: Call of Duty real: ataque com drones mata 150 em campo de treino terrorista
Fonte: Activision

Call of Duty real: ataque com drones mata 150 em campo de treino terrorista

1 min de leitura
Avatar do autor

No último fim de semana, os Estados Unidos realizaram um ataque com drones tendo como alvo um campo de treinamento do grupo terrorista islâmico Al-Shabab, na Somália. A informação foi divulgada pelo Pentágono na última segunda-feira (7), e também houve a menção de que 150 combatentes foram mortos.

“Foi um ataque bem-sucedido”, comentou Jeff Davis, porta-voz do Pentágono. Ele também revelou que dados recolhidos pelos Estados Unidos davam conta de que o grupo estava preparando um “ataque em grande escala”, o que representaria uma ameaça às forças militares americanas e da União Africana que estão na Somália. “Sabíamos que iam sair do campo de treino e que representavam uma ameaça iminente”, acrescentou.

Há relatos de que cerca de 200 combatentes treinavam no campo de Raso no momento do ataque. “O fim deste campo vai degradar a capacidade da Al-Shabab de concretizar os objetivos do grupo na Somália”, complementou Davis, adicionando o dado de que está confiante no fato de que não havia nenhum civil no local quando a ofensiva foi realizada.

O Al-Shabab é um grupo ligado à Al Qaeda que foi expulso de Mogadíscio (capital da Somália) pelas forças de manutenção da paz da União Africana em 2011. Entretanto, mante-se como um potente antagonista no país, onde acabou lançando diversos ataques na tentativa de derrubar o governo que recebe apoio do Ocidente.

Você acredita que os drones serão as principais armas usadas pelos soldados em guerras futuras? Comente no Fórum do TecMundo

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
Call of Duty real: ataque com drones mata 150 em campo de treino terrorista