Apple pode ter problemas com queda na demanda do iPhone 13

1 min de leitura
Imagem de: Apple pode ter problemas com queda na demanda do iPhone 13
Imagem: Unsplash
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

Há alguns meses, a meta da Apple era fabricar 90 milhões de unidades do iPhone 13, mas parece que a demanda não será a mesma que a companhia imaginava. De acordo com informações do site Bloomberg, a companhia está com problemas relacionados ao fornecimento de componentes para os celulares.

Conforme as informações, a Apple começou a enviar mensagens aos fornecedores de peças do iPhone 13, comunicando que diminuirá a produção de dispositivos e, por isso, não vai pedir tantas unidades quanto era esperado.

Falta de demanda e fornecimento

Em outubro, a Apple já havia cortado parte da produção do smartphone, reduzindo para 80 milhões de unidades produzidas. Contudo, o número pode ser ainda menor se a demanda não aumentar — geralmente, a empresa costuma montar 75 milhões de unidades para cada lançamento do iPhone.

A pandemia causada pela covid-19 foi uma das principais causas da crise global de fornecimentoA pandemia causada pela covid-19 foi uma das principais causas da crise global de fornecimentoFonte:  Shutterstock 

Antes mesmo de descobrir sobre a queda na demanda, a Apple já sofria com problemas relacionados ao fornecimento de componentes. Inclusive, há algum tempo, as fornecedoras Broadcom e Texas Instrument avisaram que não conseguiriam entregar todos os pedidos.

O CEO da empresa, Tim Cook, disse que a crise global de semicondutores e a pandemia impactaram os ganhos trimestrais da empresa em US$ 6 bilhões. Mesmo assim, os analistas do mercado estimam que as vendas da companhia devem aumentar até 6% no período de fim de ano.