Google Pixel 6: usuários relatam diversos problemas de tela

1 min de leitura
Imagem de: Google Pixel 6: usuários relatam diversos problemas de tela
Imagem: Google/Divulgação
Avatar do autor

O Google Pixel 6 e 6 Pro chegaram oficialmente às lojas norte-americanas nesta quinta-feira (28). Entretanto, usuários dos novos dispositivos já estão relatando diversos problemas relacionados à tela.

Por exemplo, alguns Pixel 6 padrão estão apresentando uma tonalidade verde no display. Esse defeito é comum em painéis OLED e que, anteriormente, ocorreu com certos aparelhos Pixel 4 XL e Pixel 5a.

Display do Pixel 6 apresenta uma tonalidade verde devido a falha do OLED.Display do Pixel 6 apresenta uma tonalidade verde devido a falha do OLED.Fonte:  GSM Arena/Reprodução 

Nas redes sociais, também circulam vídeos do Pixel 6 Pro com um estranho efeito estático quando o aparelho está desligado. Quando a pessoa aperta rapidamente o botão liga/desliga, o display começa a piscar na parte superior ou inferior.

Segundo o Android Authority, o problema não aparece quando o botão é pressionado para ligar o aparelho. Além disso, isso não parece afetar a usabilidade ou apresenta oscilação quando o celular está ligado.

Contudo, o problema mais bizarro ocorreu com um Pixel 6 Pro que tinha um segundo furo na tela além do recorte da câmera frontal. Conforme o dono do dispositivo disse no Twitter, ao invés de ser um patch de pixels mortos, o display realmente tinha uma “abertura extra”.

Por sorte, o consumidor conseguiu voltar à loja e trocar o aparelho com defeito.

Google ainda não comentou o caso

É surpreendente ver que, logo na estreia, há vários relatos negativos sobre os displays do Pixel 6. Por enquanto, é difícil dizer se são questões pontuais ou “defeitos padrões” da nova linha de celulares.

De toda forma, isso não deveria acontecer em modelos da categoria premium com valores relativamente altos. Nos EUA, o Pixel 6 padrão é vendido por US$ 599 (cerca de R$ 3.370 na conversão direta), enquanto a variante Pro custa US$ 899 (R$ 5.060).

O Google ainda não se pronunciou sobre os problemas com as telas. Aparentemente, a fabricante deve estar avaliando os casos antes de publicar uma nota oficial sobre o caso.