Galaxy Z Fold 3: vídeo desmonta celular e mostra a manutenção

1 min de leitura
Imagem de: Galaxy Z Fold 3: vídeo desmonta celular e mostra a manutenção
Imagem: Reprodução/YouTube, PBK Reviews
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

Na última quarta-feira (11), a Samsung finalmente revelou o Galaxy Z Fold 3, e entusiastas já começaram a receber o dispositivo para testes e críticas. O canal de YouTube PBK Reviews publicou nesta semana um vídeo em que o dobrável é desmontado, exibindo o interior e as possibilidades de manutenção.

A produção acabou revelando o quão complicado é abrir e manipular o smartphone, que usa muita cola e adesivos para manter os componentes no lugar. Dentro da "Escala de Reparabilidade", que PBK informa no final dos conteúdos, o Z Fold ganhou 2/10. "É um celular muito difícil de desmontar e consome muito tempo", concluiu. Confira o vídeo completo abaixo — disponível apenas em inglês.

Não tente isso em casa

Dentro do curta, é possível observar as duas baterias – 2,280 mAh e 2,120 mAh – que formam os 4,400 mAh do anúncio original. Com a retirada do PCB, também fica visível o conjunto triplo para fotos, que tem 12 MP tanto no sensor principal, quanto no telefoto e na câmera grande-angular.

Por baixo da pasta térmica, na marca de 7 minutos e 30 segundos, percebe-se o processador Snapdragon 888 e os 12 GB de memória RAM. No total, são 35 parafusos Philips prontinhos para serem perdidos e, já que o Fold custará a partir de US$ 1,799.99, cerca de R$ 9.626 em conversão direta, não é necessário afirmar que apenas profissionais treinados devem tentar "brincar" com o interior do equipamento.

Para mais detalhes técnicos e opiniões sobre o dobrável, confira o nosso "hands-on" com o novo celular dobrável da Samsung.