6 melhores smartphones de 2020

7 min de leitura
Imagem de: 6 melhores smartphones de 2020
Imagem: TecMundo
Avatar do autor

Em 2020, pedimos a ajuda dos inscritos no canal no YouTube do TecMundo para criar uma lista com os melhores celulares lançados ao longo do ano que passou. Durante a semana do Natal, abrimos enquetes na nossa aba Comunidade para que eles votassem nos aparelhos em diferentes categorias, mas, como o YouTube limita as enquetes a apenas cinco opções, a última de cada categoria era deixada em aberto para que os participantes incrementassem as possibilidades e justificassem a escolha.

Agora, listamos aqui para listar os vencedores de 2020 de acordo com os nossos inscritos – e aproveito para deixar também minha própria escolha para cada categoria.

1 – Smartphone mais inovador de 2020

Começando pela categoria de smartphone mais inovador do ano, que foi bem concorrida, porque 2020 foi um ano que viu muita coisa legal e diferente ser introduzida no mercado. Na enquete, o grande vencedor foi o Galaxy Z Fold 2 da Samsung, que foi além daquela experiência quase de protótipo da primeira geração e trouxe tecnologias robustas para esse formato novo de celular que vira tablet.

Em segundo ficou o Z Flip, que foi o primeiro dobrável da Samsung na forma de concha, mais pequenino, e o terceiro foi o LG Wing, que vem com uma tela principal que gira para a horizontal e mostra uma tela secundária embaixo, ficando com um formato de T.

Aqui, o meu voto pessoal é do LG Wing. Não que eu ache que o Z Fold 2 e o Z Flip sejam ruins, muito pelo contrário. Ambos são os melhores aparelhos disponíveis hoje nas suas categorias de dobráveis – e inclusive o Z Fold 2 foi o meu vencedor em outra categoria. No entanto, quando falamos de inovação, para mim estamos falando de quem trouxe as ideias mais frescas e diferentes, arriscando algo que não tinha sido tentado daquela forma até então. E na minha opinião esse foi o LG Wing, que pode até não ter acertado em tudo o que fez, mas com certeza soube arriscar.

2 – Smartphone que mais melhorou em 2020

Na categoria de smartphone que mais melhorou em 2020, a ideia é escolher o aparelho que mais trouxe melhorias significativas em comparação com a geração anterior. Por isso, nesse ponto para mim trazer apenas um pouco mais de poder de fogo, câmeras ligeiramente superiores e uma bateria maior não são fatores decisivos.

Na nossa enquete, o vencedor aqui foi o Galaxy S20 Ultra. Ele é o maior e mais poderoso da linha, trouxe a tela com atualização de 120 Hz, o sensor de 108 MP capaz de filmar em 8K, o Zoom espacial de até 100 vezes, uma bateria maior e várias outras melhorias. Em segundo lugarn vocês votaram no Z Fold 2 e em terceiro no iPhone 12 Pro Max.

Para mim, o aparelho que teve o maior salto de qualidade real entre uma geração e a outra foi o Galaxy Z Fold 2. Toda aquela experiência bem legal e meio mágica do primeiro Fold, esse aqui trouxe maior e melhor. A tela externa deixou de ser aquele negocinho pequeno para ser a de uma smartphone realmente usável.

O acabamento deu um salto enorme de qualidade, perdendo a cara de protótipo e ganhando um visual de um produto realmente de qualidade – e isso inclui a remoção dos notches e bordas horríveis que ele tinha na tela interna. Falando dela, não apenas está mais limpa, como foi feita com um material melhor e taxa de atualização elevada. A dobradiça está mais versátil e firme. O Flex Mode traz funcionalidades legais. Enfim, ficou até um spoiler do review dele, mas esse aqui é o meu vencedor de mais melhorado.

3 – Smartphone mais esperado de 2021

Já há rumores aos montes sobre os aparelhos que vão ser lançados em 2021, e na nossa enquete isso já bastou para garantir mais uma vitória para a Samsung. O Galaxy S21 Ultra – se é que vai chamar assim – foi o vencedor ali, e nos comentários as justificativas se dividiram entre uma galera que quer ver como a coreana vai justificar tirar o carregador da caixa também e quem quer saber se ele vai mesmo vir com suporte à caneta S Pen e matar de vez a família Note.

São bons motivos, realmente, e são os motivos que me fazem concordar com a votação nessa categoria – além do design mais moderninho que a gente viu nos vazamentos e que eu estou achando bem interessante. Em segundo lugar na votação ficou o iPhone 13 Pro Max e em terceiro o Zenfone 8 – que fico curioso para ver também se vai manter a câmera flip e chegar no Brasil com um pouco mais de agilidade.

4 – Smartphone decepção de 2020

Já tratamos aqui dos aparelhos que mais inovaram, os que mais melhoraram e dos mais esperados, mas nem tudo são flores e alguns realmente acabam decepcionando. Na nossa enquete, o “vencedor” aqui foi o iPhone 12, e as justificativas focaram principalmente na remoção do carregador, o preço exorbitante e as melhorias apenas incrementais dessa geração da Apple.

Eu até concordaria com essa escolha se não fosse o fato do Nokia 2.3 ter sido o aparelho escolhido para marcar a volta da marca para o Brasil depois de tanto tempo. Ele ficou em segundo lugar na votação, mas o meu voto é dele. Uma empresa como a Nokia, que teve aparelho tão bons no passado, ter voltado com um celular tão fraquinho foi a decepção do ano para mim, sem dúvidas. Em terceiro lugar na enquete ficou o Galaxy Note 20, que eu também concordo que deveria ter um Lite ou algo do tipo no nome e custar bem menos do que custa.

5 – Melhor smartphone em custo-benefício de 2020

Indo para os finalmentes, agora chegamos à categoria de melhor custo-benefício. Ou seja, não é o smartphone mais avançado e legal, mas sim aquele que traz o melhor conjunto de recursos por um preço razoável – e sim, eu sei que a definição de “preço razoável” ficou meio maluca em 2020. De qualquer forma, o vencedor aqui foi o Galaxy M51, que também seria a minha escolha. Pensem aqui no Galaxy A71, que por si só já é um celular de ótimo custo-benefício, mas troque a bateria por uma de 7.000 mAh, o que é excelente.

Em segundo lugar na enquete ficou a opção “Outros”, mas aqui há um pequeno porém: muita gente simplesmente votou no próprio smartphone, o que dividiu bastante o resultado. Entre os comentários, o que recebeu mais votos nos comentários foi o Poco X3, mas não o suficiente para garantir a presença no top três se ele fosse uma das opções disponíveis na enquete. Talvez ele ganhasse apenas do LG K61, que foi o último colocado da enquete, então a segunda posição vai para o Moto G9 Power e a terceira para o iPhone SE 2020.

6 – Melhor smartphone de 2020

Agora sim, chegando à categoria final e mais importante, que é a de melhor smartphone do ano de 2020 segundo nossos queridos inscritos. E se não tinha ficado claro até agora que eles amam a Samsung, a vitória do Galaxy Note 20 Ultra com mais de 50% dos votos – o que dá mais de 10 mil votos – deixa isso óbvio. É uma escolha que faz sentido, afinal esse realmente é um aparelho excelente e que corrige e maioria das falhas do S20 Ultra, sem falar dos recursos da S Pen e todo o pacote que ele traz. É um smartphone merecedor, com certeza.

O segundo lugar da votação ficou com o iPhone 12 Pro Max, que, se você deixar as polêmicas do carregador de lado e focar no aparelho, realmente é excelente, e provavelmente um dos melhores para quem quer um smartphone para fazer vídeos. E o terceiro lugar teria sido um empate, mas como a categoria “Outros” tem votos divididos entre vários aparelhos, o lugar no pódio foi para o Motorola Edge+, que foi um retorno excelente da empresa para o mercado dos top de linha – e que por muito pouco não foi a minha escolha para esta categoria.

Eu realmente gostei do top de linha da Motorola, desde o hardware poderoso, as câmeras e a bateria até o visual bonitão com a tela dobrada dos lados e os recursos legais de software que eles colocaram nessa dobra. Só que no fim a minha escolha pessoal de melhor smartphone do ano acabou sendo o RoG Phone 3, que traz basicamente os mesmos benefícios sem os pontos fracos.

Ele tem o hardware bonzão. A tela de 144 Hz é até um pouco de exagero para mim porque nenhum jogo que eu curto vai tirar proveito disso, mas está lá e não faz mal. A bateria dele é monstruosa. Tem os speakers frontais duplos, a entrada na lateral é muito prática para carregar o celular sem ter que parar de jogar, e na falta de uma tela dobrada para botões digitais nos jogos, ele tem os sensores físicos dedicados ali. Se você considerar ainda a possibilidade dos acessórios dele – que são caríssimos, claro –, esse é um aparelho muito legal e, para mim, é o melhor do ano de 2020.