Samsung anuncia o Galaxy Z Fold 2: um dobrável de respeito

2 min de leitura
Imagem de: Samsung anuncia o Galaxy Z Fold 2: um dobrável de respeito
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

Nesta quarta-feira (05), a Samsung anunciou cinco novos produtos em seu evento virtual, o Galaxy Unpacked 2020. Entre eles, a companhia deu uma prévia do Galaxy Z Fold 2, seu mais novo smartphone dobrável, que sucede o Galaxy Fold, lançado no ano passado.

Galaxy Z Fold 2: tudo novo

Galaxy Z Fold 2 fechado.Galaxy Z Fold 2 fechado.Fonte:  Samsung 

Em relação ao seu antecessor, o Z Fold 2 traz praticamente tudo novo. Dessa vez, a Samsung optou pelo Snapdragon 865 Plus, o chip mais potente de sua categoria. O conjunto triplo de câmeras traseiras também deve ser bem superior, já que o aparelho deve competir com os Galaxy Note 20 e Note 20 Ultra neste quesito.

As telas são duas das características que detonam o Fold original: a externa é bem maior, com 6,2”, tomando quase todo o espaço do chassi do celular, quando fechado. Isso torna o dispositivo muito mais usável quando fechado, que o aparelho da geração passada.

Já a tela interna, agora tem 7,6”, e não apresenta mais aquele notch inconveniente que havia no Fold original, já que a câmera frontal fica localizado em um minúsculo recorte ao centro de um dos lados da tela. Essa tela também superior na taxa de atualização, que é de 120 Hz.

Galaxy Z Fold 2 aberto.Galaxy Z Fold 2 aberto.Fonte:  Samsung 

O chassi do aparelho está mais fino, com seis milímetros. Além disso, ele deve fazer menos volume no bolso, pois o espaço entre as duas telas, quando fechado, foi reduzido.

E a durabilidade?

O Z Fold 2 tentará resolver os problemas de durabilidade do Fold original. Por isso, em vez de usar uma tela de plástico, ele já traz a mesma tecnologia de vidro ultrafino do Galaxy Z Flip, lançado no início deste ano. Ela ainda parece mais frágil que um display de um smartphone comum, mas certamente é menos frágil que a tela do aparelho de 2019.

O mecanismo de dobradura também é novo e conta com um sistema que impede a entrada de detritos e resíduos que possam danificar a tela.

Outro recurso que o Z Fold 2 herdou do Z Flip foi a capacidade de usar o dispositivo com a tela dobrada, sendo que uma delas funciona como teclado. Dessa forma, ele fica parecendo uma espécie de “mini notebook”.

Preço e disponibilidade

O Galaxy Z Fold 2 será disponibilizado nas cores Mystic Bronze e Mystic Black, além de uma versão em edição limitada “Thom Browne”. A Samsung dará mais detalhes sobre o aparelho, assim como deverá informar seu preço, em um evento a ser realizado no dia 1º de setembro, quando se inicia a pré-venda.

Samsung anuncia o Galaxy Z Fold 2: um dobrável de respeito