Xiaomi Redmi 9A é homologado pela Anatel

1 min de leitura
Imagem de: Xiaomi Redmi 9A é homologado pela Anatel
Avatar do autor

Nesta quarta-feira (08), o Redmi 9A foi homologado na Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Anunciado no finzinho do mês passado pela Xiaomi, o Redmi 9A é um smartphone de entrada que chama atenção pela capacidade da bateria: 5.000 mAh.

Como o celular não tem hardware de ponta, até porque faz parte do segmento de baixo custo, é possível que tenha autonomia para 2 dias inteiros de uso.

Fonte: Insira Ficha/Anatel/Reprodução(Fonte: Insira Ficha/Anatel/Reprodução)Fonte:  Anatel 

O aparelho é equipado com chip Helio G25 da MediaTek, opções com 2 GB ou 3 GB de RAM, 32 GB de armazenamento e tela LCD IPS de 6,53 polegadas com resolução HD+ (1.600x720 pixels).

No quesito fotografia, há um único sensor traseiro de 13 MP e abertura f/2.2. A câmera frontal tem a mesma abertura, mas com 5 MP de resolução. A bateria de 5.000 mAh acompanha um carregador de 10 W, embora suporte carregamento rápido de até 18 W.

Fonte: Xiaomi/Divulgação(Fonte: Xiaomi/Divulgação)Fonte:  Xiaomi 

Outras características incluem gravação de vídeos em Full HD com 30 quadros por segundo, Bluetooth 5.0, suporte para dois chips e cartões microSD de até 512 GB e Android 10 (MIUI 11).

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Xiaomi Redmi 9A é homologado pela Anatel