iPhone SE (2020) começa a ser vendido no Brasil

1 min de leitura
Imagem de: iPhone SE (2020) começa a ser vendido no Brasil
Imagem: Apple
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

A Apple iniciou nesta quinta-feira (30) a venda da nova versão do iPhone SE em território brasileiro. O modelo foi anunciado oficialmente na metade de abril deste ano pela empresa e já tinha até preço no país, mas até então não era possível comprar o dispositivo. Ele é considerado uma versão mais popular e acessível da linha de smartphones da marca.

A partir de agora, é possível adquirir o modelo nas três faixas de preço disponíveis, de acordo com o espaço de armazenamento desejado. Os pedidos pelo site oficial da Maçã têm o frete grátis e a promessa de envio variam de acordo com a região, mas começam em apenas um dia útil. Até o momento da publicação desta matéria, o modelo ainda não estava no catálogo de estabelecimentos online do varejo.

Confira as variantes:

  • R$ 3.699 (64 GB)
  • R$ 3.999 (128 GB)
  • R$ 4.499 (256 GB)

Ele está disponível nas cores branca, preta e (PRODUCT)RED, um tom de vermelho cujas vendas são direcionadas para um Fundo Global de combate à covid-19. Nos Estados Unidos, o valor da versão mais básica é de US$ 399 — o que, na conversão direta de moeda, vira R$ 2.160.

O iPhone SE (2020) é uma versão mais acessível do smartphone da Apple para o consumidor que deseja ter um celular da empresa, mas sem desembolsar tanto dinheiro nas gerações mais recentes. Em termos de visual, ele é similar ao iPhone 8, mas por dentro traz componentes e especificações técnicas que remetem ao moderno iPhone 11.

Fontes

Comentários

Conteúdo disponível somente online
iPhone SE (2020) começa a ser vendido no Brasil