Mi Mix Alpha deixa de ser conceito e será lançado com SD 865

1 min de leitura
Imagem de: Mi Mix Alpha deixa de ser conceito e será lançado com SD 865
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

A fabricante chinesa Xiaomi vai mesmo lançar comercialmente o Mi Mix Alpha, o smartphone conceitual da empresa que foi apresentado em setembro de 2019. Até agora, o dispositivo não foi disponibilizado para venda e boa parte dos fãs acreditava que ele era mesmo somente um teste de design e tecnologia.

Entretanto, parece que a companhia está disposta a colocar esse modelo nas lojas — com um hardware ainda mais poderoso do que o original. De acordo com uma publicação na rede social Weibo, a Xiaomi vai atualizar o hardware do Mi Mix Alpha antes de disponibilizá-lo aos consumidores, como parte de um projeto que já foi iniciado na fabricante. Isso significa principalmente adicionar suporte ao 5G, além de trocar o processador Snapdragon 855 Plus pela versão mais recente do chip da Qualcomm, o Snapdragon 865.

As demais especificações permanecem as mesmas: tela de 7,92" flexível e que ocupa quase todo o corpo do aparelho, 12 GB de RAM, 512 GB de armazenamento interno e uma esquema de câmeras que inclui um sensor de 108 MP. A versão original do Mi Mix Alpha seria lançada por 19.999 yuan (cerca de R$ 13,2 mil em conversão direta de moeda), mas não se sabe ainda se as novas especificações vão encarecer ainda mais o modelo.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Mi Mix Alpha deixa de ser conceito e será lançado com SD 865