Era fake? Huawei P40 Pro pode não ganhar bateria de grafeno

1 min de leitura
Imagem de: Era fake? Huawei P40 Pro pode não ganhar bateria de grafeno
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

No início de dezembro, começaram a surgir rumores de que o Huawei P40 Pro seria o primeiro smartphone do mundo a receber bateria especial de grafeno. No último sábado (21), a informação foi parcialmente confirmada pela gigante chinesa em sua conta oficial do Twitter na França, a partir de um anúncio que destacava esse aspecto em conjunto com a frase: “carregamento de 0 a 100% em apenas 45 minutos”.

Contudo, o fato voltou para o campo das especulações, após a publicação ser rapidamente apagada da rede social. Isso não foi o suficiente para que a ideia fosse completamente descartada, após a equipe do PhoneArena ter salvado e compartilhado a imagem preliminar na web. Assim, embora o motivo da exclusão seja um mistério, o assunto ainda rende discussões.

Tuíte revelava bateria de grafeno no futuro smartphone P40 Pro, mas foi logo deletado da conta da Huawei França. (Fonte: PhoneArena/Reprodução)

O leaker Ice Universe, conhecido por vazar informações da Samsung no Twitter, disse ao site que “essa tecnologia é hoje impossível” e, portanto, as chances de ela se concretizar no próximo smartphone da Huawei seriam remotas. Mas então por que a companhia postou a novidade? Bem, essa resposta continua em aberto até um pronunciamento final da Huawei.

Outros rumores

Ainda nesse sentido, vazamentos sobre o P40 Pro sugerem que o smartphone top de linha teria bateria com capacidade de 5.000 mAh. Caso fosse de fato com grafeno, seria cerca de 30% menor do que uma convencional de lítio. Já outros rumores, indicam que não só as laterais do dispositivo seriam curvadas, como também sua tela OLED de 6,5’’ teria essa mesma característica.

Além disso, uma especulação recente de Ming-Chi Kuo, respeitado analista e leaker do setor mobile, traz a possibilidade de o celular ser lançado com uma lente telefoto periscópica de zoom óptico de 10x em adição a outros 4 sensores de câmera na parte traseira. Especulações também sugerem que o aparelho fosse equipado com processador Kirin 990. Até o momento, não há previsão de seu anúncio de modo oficial.

Cupons de desconto TecMundo:

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Era fake? Huawei P40 Pro pode não ganhar bateria de grafeno