Tudo sobre os chips Qualcomm Snapdragon 865, 765 e 765G

10 min de leitura
Imagem de: Tudo sobre os chips Qualcomm Snapdragon 865, 765 e 765G
Fonte: Qualcomm - Divulgação
Avatar do autor

Depois de focar no anúncio de seus novos processadores e nos benefícios do 5G no primeiro dia do Snapdragon Summit, a Qualcomm usou o segundo dia da sua conferência anual para mergulhar de cabeça nos aspectos mais técnicos dos chips Snapdragon 865, 765 e 765G. O TecMundo esteve presente na ocasião e traz agora todos os detalhes mais importantes a respeito das novidades.

Começando pelos posicionamentos: enquanto o membro da família 800 ocupa seu lugar autoexplicativo no segmento de smartphones de ponta e deva aparecer na maioria dos top de linha Android de 2020, as duas versões do 765 vêm como sucessoras do 730 e, como tal, são pensadas para os celulares intermediários premium – ou seja, que não chegam ao mesmo nível dos mais avançados, mas entregam mais vantagens do que os modelos de custo-benefício que vêm com os chips da série 600 da Qualcomm.

Snapdragon 765 e 765G

As duas variantes do processador trazem basicamente o mesmo chip, mas contém variações de desempenho tanto em CPU quanto em GPU que garantem resultados melhores ao modelo G na hora das jogatinas. No lado computacional, os processadores trazem oito núcleos feitos de acordo com uma arquitetura de 7 nm da Samsung: um Kryo 475 Prime que chega a 2,3 GHz no 765 e atinge 2,4 GHz no 765G, um Kryo 475 Gold com 2,2 Ghz e seis Kryo 475 Silver com 1,8 GHz. Já a GPU de amos é a Adreno 620, que promete performance 20% superior que a geração anterior no modelo básico e 38% no G.

Snapdragon 765

Nativamente, o Snapdragon 765 oferece suporte a telas com resolução Full HD+ e até 120 Hz, enquanto o G aguenta displays QHD+ em até 60 Hz – ainda assim, os dois oferece suporte externo máximo a 4K@60Hz, profundidade de com de 10-bit e suporte a HDR10+. O modelo básico do chip consegue lidar com memórias de até 2.133 MHz e 8 GB de RAM LPDDR4x, enquanto a variante gamer suporta até 12 GB de RAM nas mesmas especificações.

Vale ressaltar ainda que a variante focada em jogos oferece alguns recursos da iniciativa Elite Gaming da Qualcomm – que até então era completamente exclusiva da série 800 da fabricante. Especificamente, o 765G traz otimizações que permite a suavização, carregamento mais rápido e gerenciamento de latência para games.

Focando na IA, a família 765 conta com o NPU Hexagon 696. Quando trabalhando em conjunto com a CPU e a GPU, essa unidade é capaz de entregar 5,4 trilhões de operações por segundo (TOPS) para diversos tipos de tarefas. O processador de imagens é o Spectra 355, um ISP dual 14-bit que oferece suporte a sensores de até 192 MP, vídeo 4K com HDR com desfoque de fundo, redução de ruído multiframe, captura em câmera lenta em HD (720p) a até 460 quadros por segundo e melhorias para visão computacional.

Snapdragon 765Fonte: Qualcomm

Quanto à conectividade, eles têm o modem X52 integrado diretamente ao chip principal, o que garante 4G e 5G nos formatos mmWave, sub-6 GHz, SA, NSA, FDD e TDD, além de ser compatível com a tecnologia de Compartilhamento Dinâmico de Espectro – que permite usar a infraestrutura adaptada do 4G para entregar o sinal LTE e o 5G simultaneamente. As capacidades do modem integrado são basicamente as mesmas que as vistas no X55 não integrado ao Snapdragon 865, com a diferença de que a solução na linha 765 deve oferecer suporte a menos bandas, mas contar com menor consumo energético.

Snapdragon 865

A conectividade foi um elemento muito ressaltado pela Qualcomm em seu produto de ponta. Como mencionado logo acima, o chip mais poderoso tem as mesmas capacidades do irmão mais novo nesse sentido, mas sem a integração direta do modem com o processador. O Snapdragon 865 é acompanhado pelo modem X55 da Qualcomm, que também se conecta a redes 3G, 4G e todas as variantes de 5G. Isso significa que ele está pronto para ser usado mesmo em qualquer lugar do mundo hoje e que ainda se manterá relevante quanto à conectividade móvel no futuro próximo.

Snapdragon 865Fonte: Qualcomm-Divulgação

Por ser separado, o modem não tem a mesma facilidade para economia energética que o X52, mas consegue lidar com uma quantidade maior de bandas. O top de linha da série 800 também é compatível com o padrão WiFi 6, que possibilita conexões mais rápidas com roteadores capazes de realizar esse tipo de conexão – oferecendo, assim, números maiores de download e upload, além de menos latência. Além disso, o maior fluxo de dados favorece outro ponto importante no 865: a inteligência artificial.

IA na palma da mão

Durante o evento, a Qualcomm ressaltou que o 5G e a IA têm uma ligação muito íntima, aumentando exponencialmente o potencial dos smartphones e outros dispositivos. Ainda assim, a empresa ressaltou que seu novo chip de ponta oferece desempenho de sobra para inteligência artificial mesmo sem o reforço da internet. Contando com a 5ª geração do motor de IA da fabricante na forma do Hexagon 698, o processador consegue realizar 15 TOPS – mais que o dobro do que a geração anterior e cinco vezes mais que o Snapdragon 845.

Snapdragon 865

Com isso, a fabricante promete que o 865 consegue entregar o melhor desempenho para aplicações como detecção automática de músicas, transcrição e tradução de fala em tempo real e classificação contextual de imagens captadas pelas câmeras, entre outras coisas. Por contar com as novas tecnologias embarcadas, o chip consegue realizar essas tarefas de forma independente, o que não apenas aumenta sua agilidade como incrementa a segurança dos dados dos usuários.

Novidades de CPU, GPU e memórias

Tudo isso, claro, é acompanhando pelo melhor desempenho que a Qualcomm já trouxe para um de seus produtos. A CPU foi fabricada com base no processo de 7 nm da TSMC e conta com oito núcleos Arm: um Cortex-A77 Prime com 2,84 GHz, três Cortex-A77 Performance de 2,4 GHz e quatro Cortex-A5 Efficiency de 1,8 GHz. A memória L3 do cache é de 4 MB, o que foi feito para reduzir o gato de energia.

Com base nesses números, pode-se ter a impressão de que quase nada mudou com relação ao ano anterior, mas ainda assim a fabricante promete um desempenho 25% superior em comparação à geração passada. Além disso, a Qualcomm afirma que o 865 também é 25% mais eficiente que o 855 quanto ao consumo de energia, mas como isso basicamente quer dizer que ele consome esse percentual a menos de energia quando desempenha na mesma intensidade que utilização que o máximo do antecessor, os números basicamente se anulam quanto ao gasto de bateria quando o novo chip estiver utilizando sua capacidade máxima.

Snapdragon 865

No lado da GPU, o Snapdragon 865 conta com a Adreno 650, que segundo a fabricante é 25% mais rápida em renderização gráfica em 90 fps e consome 35% menos energia do que a geração passada – ou seja, aqui sim apresenta saldo positivo no sentido de economia de bateria. O objetivo aqui não é garantir o maior poder de fogo em momento de pico, mas sim oferecer uma performance sustentável em qualquer situação. “Não queremos que o seu desempenho no Alasca seja diferente do que tem aqui em Maui”, brincou um representante.

Quanto às memórias, o novo chip de ponta oferece suporte a LPDDR5 em até 2.750 MHz, além de LPDDR4x em até 2.133 MHz, com densidade máxima de 16 GB. Tudo isso permite, além dos benefícios já citados para IA e melhorias de desempenho geral, oferecer suporte nativo a telas 4K em até 60 Hz ou em QHD+ em até 144 Hz – uma frequência que ainda não é encontrada mesmo nos smartphones gamers mais avançados.

Programa Elite Gaming

Falando em games, o suporte a taxas de 144 Hz aparece como apenas um dos recursos integrantes do programa Elite Gaming, que inclui também os já citados recursos de suavização, melhoria de carregamento e gerenciamento de latência. Melhorias no HDR trabalham junto às funções Game Color Plus e Desktop Forward Rendering para oferecer efeitos melhorados de luz e sombra, além de incrementar as cores e a agilidade de renderização mesmo nos títulos com gráficos mais avançados.

Snapdragon 865 Elite Gaming

Outra novidade é que o Snapdragon 865 permitirá que os donos dos aparelhos atualizem os drivers de sua GPU com facilidade por meio da Google Play Store, garantindo melhorias de desempenho por mais tempo, mesmo quando os dispositivos deixarem de receber novas versões do sistema operacional.

Câmeras em foco

Com relação a fotografias e vídeos, o novo chip traz o processador de imagens Spectra 480, que tem a capacidade de lidar com fluxos de 2 gigapixels por segundo – quatro vezes mais pixels por clique do que o seu antecessor. Utilizando essas capacidades, ele não apenas oferecerá suporte a futuros sensores de 200 MP, mas também permitirá fazer gravações em 8K a 30 quadros por segundo ou em 4K a 120 fps – o que pode ser usado tanto para efeitos de câmera lenta quanto para reprodução mais suave em displays com a devida taxa de atualização.

Ainda com relação a slow motion, a Qualcomm promete que seu novo ISP permitirá gravações em HD (720p) com 960 fps e sem limite de tempo, o que expande as possibilidades para esse tipo de captura. As gravações também continuarão compatíveis com o padrão HDR10+ e também recebem suporte ao novo Dolby Vision para captura, que incrementa os visuais da captação automaticamente.

Snapdragon 865 Spectra 480

Além desses incrementos, o Spectra 480 disponibiliza nove vezes mais pontos de foco e promete 18% mais textura em cenas de pouca luz e até 40% menos ruído – com menor perda de detalhes para isso.

Biometria ultrassônica com até dois dedos

Somando-se aos benefícios de segurança do processamento de IA diretamente no chip, a biometria também recebeu incrementos no Snapdragon 865. O chip oferece suporte ao novo sistema 3D Sonic Max de leitura ultrassônica de impressões digitais por meio de sensores localizados abaixo do vidro da tela.

Com uma área de leitura 17 vezes maior do que a solução anterior, a novidade não apenas tem utilização facilitada – já que não é mais necessário tocar em um ponto específico do display –, mas também traz outras vantagens. O sensor maior permite fazer a leitura de um dedo inteiro, ou em casos de maior importância, de até dois dedos simultaneamente, o que pode ser usado para casos específicos que demandem mais segurança e atenção, como transações financeiras, por exemplo.

Snapdragon 3D Sonic Max

A novidade também possibilita a criação de sistemas distintos, que permitam que a impressão de um dedo desbloqueie o smartphone em seu perfil pessoal, enquanto o outro o levará para sua partição profissional, por exemplo. Outras ideias cogitadas são que toques em pontos específicos do sensor abram o celular diretamente para aplicativos configurados pelos usuários, ou até mesmo que contas conjuntas em apps de bancos possam ser acessadas somente com os dedos de ambos os proprietários. As possibilidades são muitas.

Ponto em comum e previsão de chegada

Tanto o Snapdragon 865 quanto as duas versões do 765 contam ainda com o Sensing Hub, que usa tecnologia para permitir processamento voltado especificamente para situações de baixo consumo energético. O componente permite melhorias na detecção de múltiplas palavras para despertar o dispositivo, ou mesmo uso de IA para identificação de contextos sonoros para a realização de determinadas ações, como ligar para a emergência ao detectar sons que possam indicar perigo, por exemplo – tudo isso com níveis baixos de consumo energético.

De acordo com a Qualcomm, a expectativa é que a maioria dos dispositivos Android lançados em 2020 faça uso de um dos chips anunciados durante a conferência. Também é esperado que a família Snapdragon 600, voltada para smartphones intermediários mais focados em custo-benefício, receba um novo chip com conectividade 5G até o final do ano que vem. Por enquanto, não temos uma data para essa novidade.

Snapdragon 865 e 765

Quanto ao 765, há indicações de que tanto a Motorola quanto a HMD (empresa responsável pelos celulares com a marca Nokia) estão trabalhando em aparelhos com um dos chips dessa família para o começo de 2020 – não se sabe, no entanto, se isso envolve a variante comum ou o 765G. O Snapdragon 865, por sua vez, foi confirmado para os modelos Xiaomi Mi 10Oppo Reno 3 Pro, previstos também para o começo do ano que vem.

O evento da Qualcomm continua nesta quinta-feira (5), então continuem ligados no TecMundo para mais novidades.

O jornalista viajou ao Havaí a convite da Qualcomm.

Cupons de desconto TecMundo:

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Tudo sobre os chips Qualcomm Snapdragon 865, 765 e 765G