Fãs criticam nota da câmera do iPhone 11 Pro Max em análise do DxOMark

1 min de leitura
Imagem de: Fãs criticam nota da câmera do iPhone 11 Pro Max em análise do DxOMark
Avatar do autor

O site DxOMark, um dos mais renomados em termos de análise de câmeras de smartphones, foi criticado nas redes sociais por fãs da Apple que não curtiram uma das últimas avaliações da página. O motivo foi o review do iPhone 11 Pro Max, a versão mais poderosa da atual geração de celulares da empresa, que teria sido avaliado injustamente na plataforma.

Segundo os críticos, a análise do DxOMark foi enviesada e a nota geral acabou baixa demais — ele tirou uma média 117 pontos, sendo 124 em foto e 102 em vídeo. O modelo ficou em terceiro lugar do ranking geral do site, empatado com o Galaxy Note 10+ e perdendo por quatro pontos para os rivais Huawei Mate 30 Pro e Xiaomi Mi Note 10 (ou Mi CC9 Pro na China).

As principais críticas vêm do fato de a empresa DxO Labs oferecer, em paralelo com as análises, um serviço de consultoria para fabricantes de hardware de fotografia para ajudá-las a melhorar seus produtos. A companhia afirma que as análises realizadas são independentes, mas a nota "baixa" do novo iPhone trouxe novamente esses questionamentos.

É pago ou não?

O site iMore, por exemplo, questiona a nota do iPhone 11 Pro Max ("117 o que? Bom, ninguém sabe, mas vamos lá de qualquer forma...") e acusa a empresa de não favorecer a Apple porque a empresa não paga por serviços de consultoria, como é padrão nas políticas da empresa. Desse modo, ela não seria beneficiada nos reviews.

Além disso, a página ressalta que o DxoMark "tem sido criticado pela natureza aparentemente arbitrária e volátil" das avaliações, levando em conta algumas funções de forma bem mais crítica que outras. Um exemplo é que a análise elogiou contrase e exposição, mas falou mal de ruído, zoom e do efeito bokeh, além de ter avaliado a gravação de vídeos na qualidade padrão (30 fps e resolução 1080p) em vez de no máximo permitido (4K).

O lado do DxOMark

Segundo o DxOMark, a equipe de engenheiros que faz os testes com os smartphones "captura e avalia até 1.500 imagens e mais de duas horas de vídeo tanto em laboratórios com experimentos controlados quanto em locais abertos e fechados". Você pode conferir a avaliação feita pelo site neste link.

Cupons de desconto TecMundo:

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Fãs criticam nota da câmera do iPhone 11 Pro Max em análise do DxOMark