Huawei estaria testando HarmonyOS e Android juntos no mesmo celular

1 min de leitura
Imagem de: Huawei estaria testando HarmonyOS e Android juntos no mesmo celular
Avatar do autor

Antes do lançamento da série Mate 30, ninguém sabia como a Huawei venderia seus celulares sem o Google Mobile Services por conta da sua inclusão na lista negra do Departamento de Comércio americano. Segundo uma fonte interna ouvida pelo site Huawei Advisor, como o Google estaria restringindo modificações na interface EMUI (baseada no Android 10), a gigante chinesa estaria testando carregar o HarmonyOS em aparelhos existentes com suporte a inicialização dupla, ou seja, o dispositivo terá tanto o HarmonyOS como o Android, e o usuário escolhe qual ele quer usar.

Os testes ainda estão em sua fase inicial. Enquanto isso, a empresa escolhe quais dispositivos carregariam o HarmonyOS juntamente com o Android; desempenho e compatibilidade decidirão quais serão os primeiros modelos a receberem a novidade.

O Mate 30 foi a primeira série a chegar ao mercado sem suporte aos aplicativos e serviços do Google, e a principal preocupação da fabricante é com a Europa (seu principal mercado fora da China). Por sua vez, o fundador e CEO da Huawei, Ren Zhengfei, já afirmou que, caso a guerra comercial entre EUA e China continuar, o Huawei P40, com previsão de lançamento em meados de 2020, já virá com o sistema operacional da marca.

O Huawei Mate 20 Pro começou a receber a atualização do EMUI (baseada no Android 10), mas fontes da Huawei garantem que o Google está restringindo algumas modificações. (Fonte: TalkAndroid/Reprodução)

Sistema operacional será o quinto no mundo

O sistema operacional da Huawei foi projetado como uma plataforma versátil, capaz de suportar diversos tipos de aplicativos, como HTML5, Linux e Android, e as linguagens de programação Kotlin, Java, Javascript, C e C ++, usando o compilador ARK da Huawei.

Segundo um relatório recente da empresa de análise global da indústria Conterpoint Research, a participação de mercado global do HarmonyOS, em 2020, poderá chegar a 2%, ocupando o quinto lugar entre os sistemas operacionais existentes, à frente do Linux (e atrás do Android, Windows, iOS e maços).

Cupons de desconto TecMundo:

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Huawei estaria testando HarmonyOS e Android juntos no mesmo celular