Mercado de smartphones terá maior queda da história em 2019

1 min de leitura
Imagem de: Mercado de smartphones terá maior queda da história em 2019
Avatar do autor

O mercado de smartphones passará pela maior queda da história da categoria. A informação é do instituto de pesquisas Gartner, que acompanha de perto as vendas do setor.

De acordo com a empresa, o comércio global de telefones inteligentes cairá em 3,2% em relação ao ano anterior. Ao todo, serão comercializados 1,74 bilhão de unidades, contra 1,81 bilhão de 2018. Nunca foi registrado um descréscimo tão brusco nessa área, que segue uma tendência global: dispositivos móveis em geral, incluindo aí tablets e celulares comuns, cairão 3,7% no mesmo período.

O principal motivo apontado é a a durabilidade atual dos dispositivos. Os consumidores estariam tão satisfeitos com os aparelhos — e eles mesmos estão mais poderosos e resistentes — que não trocam mais de modelo com tanta frequência quanto antes.

Vai melhorar depois

Ainda segundo a Gartner, 2019 será mesmo um ponto fora da curva. Isso porque o mercado deve voltar a acelerar em 2020, quando novas tecnologias serão anunciadas ou popularizadas. O 5G é apontado como a grande aposta do setor e, só nessa categoria, as vendas devem aumentar 10% no ano que vem e 56% em 2023. Além disso, há os smartphones dobráveis, que devem apresentar evoluções a partir da próxima geração.

Outro mercado em declínio é o de computadores (tanto notebooks quando desktops), que apresentará uma queda anual de 9,8%.

Fontes

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Mercado de smartphones terá maior queda da história em 2019