Apple registra patentes que indicam melhorias na pulseira do Apple Watch

1 min de leitura
Imagem de: Apple registra patentes que indicam melhorias na pulseira do Apple Watch
Avatar do autor

Conforme observado pelo site PatentlyApple, alguns pedidos de patentes da Apple surgiram, indicando que a empresa está trabalhando em melhorias nas pulseiras do seu smartwatch. Parece que a multinacional norte-americana está tentando tornar os braceletes do Apple Watch mais inteligentes, adicionando novos recursos ao acessório. A companhia sempre manteve pulseiras simples e intercambiáveis, com os bits eletrônicos no próprio relógio, mas os vazamentos indicam que o futuro do wearable guarda uma grande mudança.

Uma das patentes descreve um sensor biométrico integrado à pulseira e oferece uma nova forma de desbloquear o relógio ou o iPhone emparelhado. Em vez de utilizar Face ID ou senha, o recurso empregaria a análise da textura da pele e os padrões de pelos no punho para autenticar a identidade. Segundo o modelo registrado, o leitor funcionaria por meio de um sensor de imagem térmica por infravermelho.

Apple Watch (Fonte: iDrop News/Reprodução)
Apple Watch (Fonte: iDrop News/Reprodução)

Melhorias para a prática de atividades físicas

A segunda patente registrada descreve uma ferramenta de ajuste automático da pulseira que aperta o Apple Watch ao pulso enquanto o usuário está se exercitando com o relógio ligado ou caso seja necessária uma melhor adaptação para obter a frequência cardíaca sem interromper a prática. Se o relógio detectar que está deslizando durante uma corrida, por exemplo, os sensores de tensão no dispositivo podem apertar ou afrouxar a faixa, que também pode se soltar automaticamente assim que a atividade terminar.

O terceiro e último registro da patente se refere a indicadores de LED incorporados à pulseira, que permitiriam a visualização do progresso de uma atividade com a exibição de detalhes do aplicativo Activity, incluindo contador de passos e monitor de batimentos cardíacos. Por meio desses recursos, a faixa poderia também indicar o tipo de atividade rastreada pelo Apple Watch, permitindo verificar se o dispositivo está gravando os dados corretamente.

A Apple registra patentes regularmente, mas nem sempre as transforma em produtos reais. Assim, não se sabe se as novidades indicam que as pulseiras do Apple Watch poderão chegar em breve, mas elas trazem uma ideia interessante do que está sendo planejado para um possível lançamento.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
Apple registra patentes que indicam melhorias na pulseira do Apple Watch