Galaxy S11 deve ficar atrás dos iPhones 2018 em testes de benchmark

1 min de leitura
Imagem de: Galaxy S11 deve ficar atrás dos iPhones 2018 em testes de benchmark
Avatar do autor

Antes da chegada oficial do Galaxy Note 10 já se sabia que os resultados de benchmark do lançamento do ano da Samsung não ultrapassariam os dos iPhones 2018. Agora, um dispositivo identificado como Qualcomm Kona apareceu no Geekbench marcando 4.149 (single core) e 12.915 (multicore), rodando Android 10 e com chipset Snapdragon 865 — pontuação ainda abaixo da marcada pelos dispositivos da Apple do ano passado: o iPhone XS Max marcou 4.798 e 11.216, enquanto o iPhone XS alcançou 4.831 e 11.178.

Esse é provavelmente um dispositivo de referência usado para desenvolver o chip que equipará muitos dos rivais do iPhone 11 no próximo ano, incluindo o Galaxy S11.

A briga, porém, ficará ainda mais desigual, porque os próximos smartphones da Apple contarão com o novo processador A13, um upgrade no desempenho e na eficiência dos atuais A12 que os iPhones XS carregam. Mesmo assim, as pontuações iniciais registradas no Geekbench sugerem que o Snapdragon 865 sobrepujará seu antecessor, que atingiu pontuações de cerca de 3.400 e 10.600 nos mesmos testes (o Exynos 9825, que está nos Galaxy S10 e S10 Plus, alcançou 4.300 e 9.800 pontos).

(Fonte: Geekbench Brouser/Reprodução)

O que se espera é que a nova geração de chips, incluindo o Snapdragon 865, o Exynos 9825 e o A13, sejam produzidos via EUV de 7nm, mas essa tecnologia só está confirmada para o 9825. Como de costume, a Apple só revelará a série A13 em setembro, enquanto a Qualcomm deverá lançar o seu 865 ainda neste ano.

Fontes

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
Galaxy S11 deve ficar atrás dos iPhones 2018 em testes de benchmark