OnePlus gasta apenas US$ 324 para produzir cada OnePlus 7 Pro

1 min de leitura
Imagem de: OnePlus gasta apenas US$ 324 para produzir cada OnePlus 7 Pro
Avatar do autor

O OnePlus 7 Pro chegou ao mercado há pouco tempo e várias pessoas tiveram a oportunidade de analisar o aparelho de ponta a ponta. Entre elas, o responsável pelo perfil @I_Leak_VN no Twitter analisou quanto custa cada componente interno do dispositivo móvel.

Como é possível ver na imagem a seguir, a somatória de todos os itens usados para a produção do aparelho resulta em cerca de US$ 324. Para efeito de comparação, a Samsung gasta US$ 420 apenas em materiais para colocar cada Galaxy S10 Plus no mercado — considerando todas as especificações do OnePlus 7 Pro, o montante investido não chega a ser muito alto.

Quais são as peças mais caras?

De acordo com as informações divulgadas, o componente mais caro do aparelho é a tela, que custa US$ 80. Na sequência, o processador custa US$ 70, seguido de câmeras triplas (US$ 27,29), memória RAM de 6 GB (US$ 26) e espaço interno de armazenamento (US$ 20).

Sendo assim, a OnePlus vende seu dispositivo no mercado basicamente pelo dobro daquilo que necessita para produzir cada smartphone. Vale lembrar que em outros países é possível adquirir o aparelho por US$ 669.

Você imaginava que essa era o gasto da OnePlus em componentes para colocar seu aparelho mais recente em circulação? Compartilhe sua opinião com os demais leitores utilizando o espaço destinado aos comentários.

Fontes

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
OnePlus gasta apenas US$ 324 para produzir cada OnePlus 7 Pro