Moto Z4 Force deve ser um top de linha de verdade, indica vazamento

1 min de leitura
Imagem de: Moto Z4 Force deve ser um top de linha de verdade, indica vazamento
Avatar do autor

Um vazamento que aconteceu na Amazon mostrou que a Motorola poderá voltar a disputar o segmento de smartphones top de linha com o Moto Z4 Force, um novo aparelho que foca especificações de alto desempenho e apresenta uma tela "inquebrável".

A página no site de e-commerce oferece um protetor de tela para o Moto Z4 Force, mas o produto é listado como "indisponível". A oferta revela que o celular contará com uma tela de 6,4 polegadas e a imagem mostra o display com bordas finas e um notch em forma de gota na parte superior.

Imagem: Amazon | Reprodução

Um top de linha de verdade

De acordo com os rumores baseados em vazamentos anteriores, o Moto Z4 Force deverá ser o primeiro smartphone verdadeiramente top de linha da Motorola desde 2017, quando a companhia lançou o Moto Z2 Force. No ano passado, a linha Force não ganhou um novo membro e o aparelho mais potente criado pela marca foi o Moto Z3, que veio equipado com o Snapdragon 835 ao invés do modelo presente nos dispositivos high-end de 2018, o Snapdragon 845.

Além de chegar com uma tela resistente e o processador mais potente deste ano, o Moto Z4 Force deverá ter Certificado IP67, até 8 GB de memória RAM e 128 GB para armazenamento interno. A bateria deverá ser de 3.230 mAh com suporte para carregamento rápido de 15 W.

Mais recursos

Em relação a fotos, a expectativa é que o aparelho tenha uma solução para selfies com 25 MP e um setup triplo na traseira, com câmera principal de 48 MP acompanhada de um sensor de 13 MP e outro de 8 MP com lente teleobjetiva.

Assim como os modelos anteriores da linha, o aparelho deverá trazer suporte para os Moto Snaps, inclusive um módulo que torna o smartphone compatível com redes 5G. Segundo o Phone Arena, a Motorola venderá o Moto Z4 por volta de US$ 650, colocando o dispositivo para competir com o Galaxy S10e, o top de linha mais barato da Samsung em 2019.

Até o momento, a Motorola não comentou sobre os vazamentos ou deu uma possível data de lançamento para seu novo aparelho. Com isso, resta esperar até que novidades oficiais sejam divulgadas.