Galaxy Fold foi apresentado ao mundo há menos de um mês e ainda não está no mercado, mas a Samsung já planeja a sua segunda geração de smartphones dobráveis. Segundo uma reportagem da Bloomberg, ao menos dois outros dispositivos desse segmento estão em desenvolvimento pela fabricante sul-coreana.

Um dos modelos dobraria para fora, da mesma forma que o rival Huawei Mate X, sem ter uma tela externa para uso no "modo celular" para deixar o aparelho mais fino. Entretanto, eventuais críticas recebidas pelo Galaxy Fold ainda devem influenciar no visual do produto. A principal preocupação atual é impedir a tela de se desgastar ou mostrar sinais visuais da dobradiça depois de muito tempo de uso. De acordo com uma fonte consultada pela Bloomberg, a sul-coreana pode até oferecer a troca grátis do display caso isso aconteça com o consumidor.

E o outro?

Já o segundo dobra na vertical: é um celular em forma de concha, como os antigos flips. A Samsung ainda lança aparelhos nesse formato na China, com a série W, e pode transformá-la em um novo aparelho dobrável. O tal modelo flip já pode ser apresentado em 2019 ou, no máximo, no começo do ano que vem.

A empresa já está trabalhando em protótipos que permitam à empresa refinar o design, o que significa que a chance de vazamentos aumenta. O Galaxy Fold sai em abril por US$ 1.980 e deve ter um lançamento bastante limitado para alguns mercado. Até agora, não sabemos nada a respeito de uma possível venda dele no Brasil.