A Motorola apresentou hoje (7) o novo Moto G7 e tem muito o que comemorar. Isso porque 2018 foi um ano repleto de bons resultados e a linha Moto G tem participação especial nisso: segundo a empresa, desde o seu lançamento em 2013, 26 novos Moto G são ativados a cada minuto em todo o mundo — uma média de mais de 37 mil aparelhos por dia.

Na abertura do evento de lançamento do Moto G7, o presidente global da empresa Sergio Buniac apresentou alguns números para ilustrar melhor o bom momento vivido pela marca que atualmente pertence à chinesa Lenovo.

América Latina

Não é segredo que a América Latina é a menina dos olhos da Motorola e os números revelados pelo executivo mostram exatamente isso. No Brasil, a companhia tem atualmente a segundo maior fatia no mercado, com uma atuação forte especialmente no setor de aparelhos intermediários premium.

Os resultados positivos estão presentes também em outros países da região. Na Argentina, as vendas cresceram 57% no último trimestre em comparação com o mesmo período de 2017, enquanto México e Colômbia registraram aumento nas vendas de 29% e 25%, respectivamente, ao longo de 2018.

EUA e Europa

O ano de 2018 foi positivo para a Motorola também na América do Norte e na Europa, locais em que ela não costuma ter vida fácil. Nos Estados Unidos, por exemplo, houve um aumento de mais de 60% nas vendas e a fatia de mercado da empresa já chega em 8%, a quarta maior da região, segundo o IDC.

Na Europa, após uma mudança de estratégia, a empresa já domina 10% do mercado no segmento dos intermediários em quatro dos países em que atua, revela o presidente da Motorola.