Brumadinho, onde, você sabe, é palco de uma grande tragédia envolvendo o rompimento da barragem da Vale do Rio Doce, possui um terreno acidentado e montanhoso, cheio de mananciais de água. Sua geografia pode dificultar o uso da rede de telefonia, o que deixa o trabalho das equipes de salvamento ainda mais árduo.

Pensando nisso, as quatro operadoras do país decidiram deixar a disputa competitiva de lado para unir forças e reforçar a infraestrutura de comunicação na região. Uma as iniciativas adotadas nesse acordo é o roaming para uso da rede 4G, garantindo conexão de qualquer celular em qualquer torre. Isso é especialmente mais importante em Brumadinho porque o uso da quarta geração de internet móvel não é obrigatório no município, segundo as regras do edital da Anatel.

Equipes das quatro companhias foram deslocadas para a região logo após o desabamento da represa e estão trabalhando juntos para aumentar a capacidade das antenas instaladas e o envio das antenas móveis. Geradores movidos a combustível foram mobilizados para garantir o funcionamento em locais onde a energia foi cortada e o times de resgate vêm recebendo chips e aparelhos extras.

Enquanto isso, as buscas continuam: até o momento são 99 mortes confirmadas, com 57 corpos identificados e 259 desaparecidos.