A Apple anunciou ontem (29) que reduzirá o preço do iPhone em alguns países. Em entrevista concedida à Reuters, o presidente da empresa Tim Cook antecipou a novidade quando falava sobre a diminuição das vendas em alguns países onde as flutuações cambiais fizeram o preço do smartphone subir durante o ano passado.

“Quando você olha para moedas estrangeiras e, então, particularmente para aqueles mercados que enfraqueceram ao longo do último ano, os aumentos [nos preços do iPhone] foram obviamente maiores”, explicou o executivo.

“E, conforme chegamos em janeiro e avaliamos a condição macroeconômica de alguns desses mercados, decidimos voltar a algo proporcional ao que os nossos preços locais eram há um ano na esperança de ajudar as vendas nessas regiões”, completou Cook.

Ou seja, a Apple deve incorporar ao menos uma parte da variação cambial para impulsionar as suas vendas em alguns países para, com isso, oferecer iPhones mais baratos. A companhia ainda não revelou, entretanto, quais localidades serão beneficiadas com a redução, quanto em média deve cair o preço do smartphone nem quais modelos ficarão mais em conta.

Será que o Brasil estará na lista?

Cupons de desconto TecMundo: