Mais um ano passou e mais uma vez AppleSamsung lançaram smartphones que concorrem entre os melhores e mais caros disponíveis atualmente. No entanto, enquanto o Note 9 é de fato o celular de maior custo que a coreana oferece hoje, a opção da Maçã na mesma faixa de preço não é o dispositivo mais completo da empresa em 2018, o Xs Max, mas sim aquele que deveria ser sua opção acessível. Isso não quer dizer que o Xr não é um excelente aparelho, mas será que ele consegue competir de igual para igual com o rival coreano que é vendido pelo mesmo valor? É o que vamos ver neste comparativo.

ChipsetApple A12 BionicQualcomm Snapdragon 845 (SDM845)
Memória RAM3 GB6 GB ou 8 GB
Armazenamento Interno64 GB, 128 GB ou 256 GB128 GB ou 512 GB
Câmera Traseira12 MP (f/1.8, 1,4 mícron)12 MP (f/1.5-2.4, 26mm, 1/2.55") + 12 MP (f/2.4, 52mm, 1/3.6")
Câmera Frontal7 MP (f/2.2)8 MP, f/1.7, 25mm, 1/3.6", 1.22µm, AF
Capacidade de Bateria2942 mAh4000 mAh
Tamanho de Tela6,1 polegadas6,4 polegadas
Resolução de Tela828 x 1792 pixelsQuad HD+ (1440 x 2960 pixels)

Design: Note 9 com vantagens

Ambos os smartphones são feitos de vidro na frente e atrás com metal nas laterais, mas as semelhanças param por aí. O iPhone Xr segue as linhas gerais estabelecidas pela Apple no iPhone X, eliminando o leitor de digitais e o botão home em favor do reconhecimento facial, adicionando o polêmico notch no topo da tela e deixando a câmera traseira protuberante. O novato da Apple tem um estilo bonito e passa a sensação de ser premium, mas o faz com menos elegância que seus irmãos ainda mais caros.

Por sua vez, o Note 9 mantém o conceito premium do display infinito, só que com bordas menores que as do seu antecessor, o que faz que ele tenha um estilo de aparelho moderno sem aderir ao notch. O leitor de digitais continua na traseira, mas em uma posição melhor do que na geração passada, e o reconhecimento facial com leitura de íris funciona bem. O Samsung tem ainda as vantagens de manter a entrada para fones de ouvido e vir com a S Pen melhorada, que serve de controle remoto.

iPhone Xr vs Galaxy Note 9

Os dois celulares são feitos principalmente de vidro e estão sujeitos a danos graves em caso de acidentes, mas enquanto o Note 9 inclui uma capinha na caixa, o iPhone Xr não faz o mesmo. Fora isso, vale lembrar que ambos são resistentes a água e poeira, mas o celular da Maçã tem uma certificação IP67, enquanto a do Galaxy é IP68 – o que é melhor.

Como eles seguem tendências modernas de seus próprios jeitos, não podemos afirmar que um deles tem uma vantagem clara de beleza sobre o visual do outro. Isso é questão de gosto e depende de cada pessoa. Já os demais fatores que citei aqui dão a vantagem para o Note 9 no quesito design.

Tela: dianteira clara para o Galaxy

São várias diferenças indo para as telas. O Xr vem com um painel LCD Liquid Retina de 6,1 polegadas na proporção de 19,5:9 com notch e resolução que fica entre o HD+ e o Full HD+. Com isso, a densidade do display é de 326 pixels por polegada. Enquanto isso, o Note 9 tem uma tela Super AMOLED de 6,4 polegadas na proporção de 18,5:9 sem notch e com resolução máxima Quad HD+, o que leva a densidade para 516 ppp.

iPhone Xr vs Galaxy Note 9

Traduzindo essa sopa de letrinhas e números, isso quer dizer que a tecnologia presente no Galaxy é claramente superior em praticamente todos os sentidos. Por mais que a Apple consiga tirar o melhor proveito possível de seu painel e exibir ótimas cores, contraste, brilho e nível de detalhes no iPhone, a densidade elevada e o display maior da coreana têm resultados melhores e oferecem uma experiência de consumo multimídia mais interessante que a do rival.

Desempenho: parecidos, mas Samsung com mais opções

Falando agora do hardware, o iPhone Xr vem com o chip A12 Bionic da Apple, que atualmente é o chip mais poderoso em um smartphone já lançado. Ele conta com 3 GB de RAM e opções com 64, 128 ou 256 GB de armazenamento, sem possibilidade de expansão. Já o Note 9 vem com o Snapdragon 845, que é o atual top de linha da Qualcomm disponível no mercado, e tem versões com 6 ou 8 GB de RAM e 128 ou 512 GB de espaço interno, que pode ser aumentado em até 512 GB com cartões micro SD.

A combinação do chip mais recente com a resolução menor da tela e as otimizações de software da Maçã permitem que o Xr tenha resultados melhores em testes de benchmark mesmo com bem menos memória RAM que o Galaxy. Ainda assim, na prática ambos os aparelhos apresentem desempenhos excelentes tanto no uso cotidiano quanto em jogos exigentes. O Samsung só ganha vantagem no hardware por oferecer opções mais vantajosas de armazenamento que as do celular da Maçã.

iPhone Xr vs Galaxy Note 9

Interface: desempate depende do seu gosto

O iPhone Xr já está com a versão mais recente do sistema operacional da Apple, o iOS 12, que inclui melhorias sutis nas notificações e outros aprimoramentos, mas não muda muito a experiência para quem estiver acostumado com o software da Maçã. A exceção é que, como o Xr não tem o 3DTouch, a empresa adotou toques longos para conseguir reproduzir alguns efeitos que antes dependiam de fazer mais pressão ao apertar a tela. Isso não permite ver prévias de apps, mas em geral não faz muita falta.

O Galaxy Note 9 vem com o Android Oreo modificado pela interface Samsung Experience 9.5, que traz uma experiência bastante próxima do sistema padrão da Google, mas tem adições de várias funções da coreana, incluindo o Samsung Pay, atalhos na lateral e funções da S Pen com Bluetooth, entre outras coisas. Até o final de janeiro, o aparelho deve receber o update para a One UI, que é baseada no Android Pie e promete mudar a relação dos usuários com o software. Por enquanto, ainda não sabemos se isso vai nos forçar a reaprender usar o smartphone.

iPhone Xr vs Galaxy Note 9

Seja como for, aqui não é simples determinar um vencedor, já que a experiência passada e o gosto de cada usuário são coisas que pesam bastante na preferência do software. Como ambos são fluidos e permitem fazer de tudo sem grandes obstáculos, vamos deixar o desempate por sua conta mesmo.

Câmeras: toma lá, dá cá

A câmera traseira do iPhone vem com um sensor de 12 MP e abertura de f/1.7, e o aparelho não conta com um sensor secundário. Já o Galaxy vem com dois sensores de 12 MP na parte de trás, um com uma lente normal com abertura variável entre f/1.5 e f/2.4 e o outro com lente telephoto com zoom ótico de duas vezes e abertura fixa de f/1.8. Para selfies, o Apple vem com o sensor TrueDepth de 7 MP com abertura de f/2.2 e o Samsung tem 8 MP e abertura de f/1.7, ambos com apenas a tela servido de flash.

Os aparelhos tiram fotos excelentes durante o dia, com cores ressaltadas sem exagero, ótimo HDR e detalhes ricos. No escuro, os dois têm ótimos resultados e agradam bastante, mas enquanto o Note 9 produz imagens ligeiramente mais claras, o iPhone faz cliques um pouco mais realistas. O Samsung exibe um pouco mais de detalhes em situações de iluminação ruim, mas a diferença é difícil de perceber.

Fotos tiradas com o iPhone Xr:

A lente secundária do Galaxy dá vantagens para ele na hora de tirar fotos de longe ou fazer macros graças ao zoom ótico. Os retratos com desfoque de fundo na câmera traseira do iPhone só funcionam para fotos de pessoas, enquanto o Note 9 permite usar o recurso mesmo com objetos. No caso de fotografias com seres humanos, ambos mandam bem nesse ponto. Por fim, na lente traseira os recursos de iluminação artificial via software da Apple ficam limitados a três opções das cinco originais.

Na gravação de vídeos, os dois conseguem fazer ótimas filmagens em 4K a 60 quadros por segundo e contam com excelentes sistemas de estabilização. O Samsung tem a vantagem de oferecer super câmera lenta com 960 fps, mas resolução máxima em HD. Já o iPhone consegue lidar melhor com situações de iluminação difícil se você limitar a filmagem a 30 fps.

Fotos tiradas com o Galaxy Note 9:

Nas selfies ambos têm resultados excelentes de dia e quebram um bom galho de noite, mas mostram ruídos no escuro. Na falta de luz, as imagens do Galaxy ficam mais claras, mas ele tende a ter mais dificuldade com o foco do que o Xr. Usando a tela como flash, os dois melhoram um pouco, mas o resultado tende a ficar melhor no Note 9. Por outro lado, o sensor TrueDepth da Apple permite usar o modo retrato mesmo no escuro para selfies, e aqui ele tem todas as 5 opções de luz simulada via software. Já o Samsung não consegue desfocar o fundo no escuro.

O veredito é que os dois aparelhos têm câmeras excelentes, cada um com seus prós e contras e sem grandes vantagens sobre o rival. Você que vai ter que decidir o que é mais importante segundo o seu gosto aqui.

Bateria: igualmente ótimos, exceto na recarga

Por mais que a bateria de 2.942 mAh do iPhone Xr seja menor que a de 4.000 mAh do Galaxy Note 9, o hardware da Maçã consegue economizar energia de tal forma que na prática ambos os aparelhos têm durações parecidas. Mesmo usuários relativamente intensivos não devem ter problemas para passar um dia inteiro longe da tomada com qualquer um deles, e os mais moderados podem até chegar a dois dias quando se controlarem.

A desvantagem do iPhone fica na recarga, já que por mais que ele seja compatível com fast charge, o carregador incluso na caixa é lento e toma 2 horas e 45 minutos para levar a bateria de zero a 100%. Quem quiser passar menos tempo na tomada vai ter que adquirir o acessório compatível, vendido separadamente. Já o Note 9 inclui um carregador rápido na caixa e consegue encher toda sua reserva em 1 hora e 50 minutos, em média.

iPhone Xr vs Galaxy Note 9

Preço: Note 9 bem menos caro

No preço, a vantagem claramente fica com a Samsung. No site da Apple, o iPhone Xr tem preços entre R$ 5,2 mil e R$ 6 mil. Pesquisando no varejo e pagando à vista, dá para encontrar a versão de 64 GB por R$ 4.320, a de 128 GB por R$ 4,5 mil e a de 256 GB por R$ 4.950. Já o Galaxy Note 9 está saindo oficialmente na loja da Samsung por R$ 3.976 pelo modelo de 128 GB e R$ 4.976 pelo de 512 GB – mas esse último vive esgotado por lá. À vista no varejo, é possível encontrar o modelo com menos espaço por R$ 3.670 e o superior por R$ 5,1 mil.

Considerando a diferença grande de preços e o fato de que o iPhone Xr é superado na maioria dos quesitos, fica difícil recomendar o aparelho da Maçã em comparação com o Galaxy Note 9. Para que a disputa ficasse mais equilibrada, teríamos que comparar o Samsung com um dos modelos mais caros da Apple, o iPhone Xs ou o Xs Max – mas aí a diferença de valores ficaria maior ainda e voltaria a dar a vantagem para os celulares da coreana. Com isso, o iPhone Xr só é o melhor custo-benefício para quem fizer questão de ter um celular com iOS lançado em 2018.

iPhone Xr vs Galaxy Note 9

-----

E aí, você prefere um dos novos iPhones ou o Galaxy Note 9? Compartilhe sua opinião nos comentários abaixo. Quem estiver querendo um deles pode conferir os links que deixamos a seguir para encontrar o melhor preço atual. Clique aqui para instalar o plugin do TecMundo para o Google Chrome e aproveitar mais descontos.

Opções de compra

Cupons de desconto TecMundo: