Chinês troca rim por iPad, mas o que sobrou agora está com insuficiência

1 min de leitura
Imagem de: Chinês troca rim por iPad, mas o que sobrou agora está com insuficiência
Avatar do autor

Certamente você já viu por aí algum tipo de anúncio procurando ou vendendo rim no mercado negro, mas, se você pensa que é pegadinha do malandro, saiba que esse é um negócio que realmente existe no mundo. E o consumismo é capaz de situações extremas, como a que levou o chinês Wang Shangun, atualmente com 25 anos, a vender um rim para comprar um iPad.

O caso surreal aconteceu na China, em 2011, quando Shangun queria tanto um aparelho da Apple que vender o órgão por 22 mil remimbis – o equivalente a pouco mais de 12 mil reais. Com a grande, Shangun pôde comprar um iPhone 4 e um iPad 2, mas as coisas não saíram conforme o planejado...

Cicatriz da retirada do rim esquerdo em cirurgia feita em clínica clandestina

Acontece que o chinês ficou com apenas um rim dentro de si, afinal, “quem precisa de um segundo rim?”, teria dito na época que fez a transação ilegal. E justamente esse órgão passou a apresentar insuficiência pouco tempo após a retirada do outro em uma clínica insalubre, algo que levou a uma infecção e a completa debilidade de Shangun.

Agora ele precisa fazer sessões constantes de hemodiálise e passa a maior parte do tempo na cama, com uma ajuda governamental bastante insuficiente para suas necessidades. Ele também vive com o que restou de uma indenização de 1,47 milhão de remimbis (pouco mais de 800 mil reais), já que ao menos nove responsáveis pela cirurgia ilegal foram presos em 2012 e condenados pela justiça chinesa.

Wang Shangun passa a maior parte do tempo deitado e precisou largar os estudos

Via  Mega Curioso

Chinês troca rim por iPad, mas o que sobrou agora está com insuficiência via Mega Curioso

Fontes

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Chinês troca rim por iPad, mas o que sobrou agora está com insuficiência