Apple teria reduzido a produção dos novos iPhones, afirma jornal

1 min de leitura
Imagem de: Apple teria reduzido a produção dos novos iPhones, afirma jornal
Avatar do autor

A Apple teria superestimado as expectativas de venda dos novos iPhones anunciados em setembro e, por isso, reduziu as ordens de produção dos aparelhos. A informação, publicada nesta segunda-feira (19) pelo Wall Street Journal (via Reuters), é de que a empresa teve dificuldade em antecipar com precisão as necessidades de componentes dado o lançamento de três smartphones de uma só vez.

“A Apple chocou os investidores há algumas semanas com uma previsão de vendas abaixo do esperado para o trimestre de Natal, levando alguns fornecedores a emitirem alertas apontando para vendas fracas dos novos iPhones”, regista a Reuters.

iPhone XRApple teria pedido redução de 30% na produção do iPhone XR inicialmente prevista para o período entre setembro e fevereiro. (Fonte: Apple)

Ainda segundo a publicação, o modelo mais problemático seria o iPhone XR, mais barato e simples do trio. A Apple teria pedido um corte de 30% na produção em relação à solicitação inicial de 70 milhões de unidades a serem fabricadas entre setembro de 2018 e fevereiro de 2019.

No início do mês, a Apple teria comunicado à Foxconn a decisão de não abrir linhas de produção adicionais para incrementar a produção do iPhone XR. Agora, poucos dias depois, a informação é de que a fabricação desse modelo não apenas não foi reforçada como foi reduzida.

A Apple ainda não se pronunciou publicamente sobre as alegações feitas pelo WSJ.

Cupons de desconto TecMundo:

Fontes

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Apple teria reduzido a produção dos novos iPhones, afirma jornal