Próximo top de linha da Huawei teria 4 câmeras atrás e zoom óptico de 10x

2 min de leitura
Imagem de: Próximo top de linha da Huawei teria 4 câmeras atrás e zoom óptico de 10x
Avatar do autor

Em entrevista a um site alemão, Walter Ji, líder da Huawei na Europa, revelou alguns dos planos da empresa chinesa para 2019. Várias informações interessantes foram destacadas, mas talvez a mais curiosa e impressionante tem a ver com o conjunto de câmeras dos próximos top de linha da empresa.

De acordo com o que contou Ji, a empresa está planejando colocar quatro câmeras na traseira de seus próximos top de linha e também ofereceria zoom óptico o de 10x. Atualmente, a Huawei é a única empresa no mundo a vender um smartphone com zoom óptico de 5x (Mate 20 Pro), mas parece estar interessada em deixar as concorrentes ainda mais para trás nesse sentido.

androidcentral mate 20 proNovo smartphone top de linha da Huawei trará uma lente teleobjetiva fixa com zoom de 10 x (fonte: androidcentral)

O executivo não revelou se essa novidade nas câmeras chegaria por meio da linha P30 ou da Mate 30 para 2019. Existe ainda a possibilidade de esse conjunto poderoso de câmeras aparecer primeiro no smartphone dobrável que a chinesa pretende lançar no ano que vem.

Esse aparelho em específico também seria o primeiro modelo com conectividade 5G da marca, o qual traria “melhorias dramáticas de velocidade e tudo estaria disponível sem qualquer atraso”, disse Ji.

Fabricantes de smartphones terão que ser muito criativas com o design de antenas em seus aparelhos

Ainda assim, ele expressou um pouco de preocupação quanto ao 5G. Por conta das frequências muito diferenciadas usadas pelo novo padrão, as fabricantes de smartphones terão que ser muito criativas com o design de antenas em seus aparelhos a fim de obter conexão com várias bandas diferentes.

Se esse for realmente o caso, podemos eventualmente ter problemas de fragmentação do 5G, com smartphones funcionando apenas em algumas operadoras ou mesmo em alguns países. Nesses casos, haveriam várias versões do mesmo celular, o que dificultaria a compra em sites de importação, por exemplo.

Só tops de linha

Segundo Ji, a Huawei estaria planejando abandonar completamente o mercado de smartphones de entrada a partir do ano que vem. Com isso, a marca só venderia aparelhos top de linha e intermediários premium. O executivo fala que esses aparelhos têm performance ruim e recursos limitados, e a marca da Huawei não deve mais ser associada a esse tipo de coisa.

Mas existe outra explicação para tal. Smartphones de entrada basicamente não dão lucro por serem vendidos por preços muito baixos. Além do mais, há muita concorrência de marcas pequenas nesse segmento, o que puxa ainda mais para baixo o valor unitário desses equipamentos.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Próximo top de linha da Huawei teria 4 câmeras atrás e zoom óptico de 10x