O  presidente da divisão mobile da Samsung DJ Koh falou hoje (11) sobre o aguardado smartphone dobrável da empresa durante o anúncio oficial do Galaxy A9. De acordo com ele, a ideia é criar um aparelho usual e significativo para o público.

“Quando entregarmos um telefone dobrável, ele será realmente significativo para os consumidores”, disse o executivo. “Se a experiência de usuário não estiver à altura do meu padrão, não quero entregar este tipo de produto”, prosseguiu.

Dobrável da Samsung não vai sumir das prateleiras pouco depois de seu lançamento, garante CEO

Ele ressaltou ainda que o smartphone dobrável da marca sul-coreana será algo durável e não cairá no esquecimento pouco tempo depois de chegar às prateleiras. “[O aparelho não vai] desaparecer nos seis ou nove meses seguintes ao seu lançamento”, garantiu.

Além disso, o executivo afirmou que a intenção da empresa é lançar o aparelho dobrável em todo mundo de uma só vez, uma estratégia que vai ao encontro da ideia de não restringir o alcance do aparelho para aumentar a “durabilidade” de suas vendas.

A expectativa é de que a Samsung apresente um smartphone dobrável em novembro de 2018 durante a sua conferência para desenvolvedores, com as vendas começando ainda neste ano. Se tudo isso é verdade, só o tempo dirá.