Depois de muito mistério e adiamentos na data de lançamento, finalmente pudemos conferir mais detalhes do smartphone Hydrogen One da RED nos últimos meses. Um vídeo de unboxing do aparelho foi publicado no YouTube e detalhes das especificações vazaram em um teste de benchmark.

Agora, a novidade é que a edição em titânio do celular foi homologada pela Comissão Federal de Comunicações (FCC), órgão que regulamenta as telecomunicações nos Estados Unidos. Os documentos mostram que o aparelho foi registrado com o código H1T1000 e tem tela de 5,7 polegadas capaz de exibir elementos em 2D e 3D e com a tecnologia 4-View da RED.

Embora fique claro que ele terá um foco na tela e na exibição de conteúdo em realidade virtual, ainda é difícil entender quais são todas as vantagens trazidas por esse sistema, algo que só deve ser melhor compreendido após a publicação das primeiras análises. Ele também pode possibilitar que usuários gravem vídeos e tirem fotos em 3D.

A homologação da FCC também mostra que a bateria do Hydrogen One terá 4.510 mAh e haverá pelo menos um modelo com 256 GB de armazenamento interno. A edição de alumínio do aparelho tem lançamento previsto para o dia 2 de novembro e custará US$ 1.295, enquanto o modelo em titânio deve sair por US$ 1.595 e ainda não tem previsão para chegar às lojas.