A Apple estaria acelerando a produção do iPhone Xr para conseguir distribuir pelo menos 20 milhões de unidades do aparelho ainda em outubro, reportou o DigiTimes. O veículo teria consultado fontes anônimas ligadas à cadeira produtiva da Apple na Ásia.

Essa publicação ainda afirma que o iPhone mais barato deste ano deve representar mais de 50% da produção total de iPhones nos próximos meses e deve continuar assim até o início de 2019.

Não se sabe exatamente o porquê de a Apple ter acelerado a produção desse aparelho em específico, mas é seguro assumir que, caso isso realmente seja verdade, deve ter algo a ver com as pré-vendas dos iPhone Xs e Xs Max.

apple iphone xr

Em outras palavras, pode ser que as pré-vendas desses aparelhos mais caros não estejam indo tão bem quanto a Apple esperava, o que pode indicar que a maioria dos consumidores interessados nos novos produtos da empresa estão de fato esperando o iPhone Xr.

O modelo Xr vai custar nos EUA US$ 750 contra US$ 1 mil e US$ 1,1 mil dos Xs e Xs Max. Considerando que os três celulares contam com funcionalidades praticamente idênticas, parece que os consumidores estariam dispostos a deixar passar a tela OLED e as câmeras duplas para economizar um pouco.

Consumidores estariam dispostos a deixar passar a tela OLED e as câmeras duplas para economizar um pouco

Seja como for, isso não passa de especulação nossa nesse momento. Não há números confiáveis que possam embasar essa teoria, e o fato de a pré-venda do iPhone Xr ainda não ter se iniciado também é um fator que prejudica qualquer previsão a ser feita por enquanto.

Ainda de acordo com o DigiTimes, os iPhones mais caros, o Xs e o Xs Max, devem chegar ao mercado em quantidades muito inferiores. O Max, por exemplo, poderia ser produzido em algo entre 4 e 5 milhões de unidades ao mês até o início do ano que vem, representando 20% do total de iPhones fabricados pelas parceiras da Maçã.

iPhone X 64GB
iPhone 8 64GB
iPhone 8 Plus 64GB
iPhone 7 32GB
iPhone 7 Plus 32GB

%MCEPASTEBIN%

Cupons de desconto TecMundo: