Anunciado em maio do ano passado e até visto funcionado na CES 2018, o teclado físico para Moto Z em forma de Moto Snap foi cancelado. O periférico, que chegou a reunir quase US$ 165 mil e superou sua meta de arrecadação no site de crowdsourcing Indiegogo não verá mais a luz do diz por uma série de razões.

Segundo a Livemorium Slider Keyboard Mod, não houve interesse comercial de varejista oficiais e como o Moto Z tem baixa participação no mercado na maioria das praças, seria difícil encontrar vendedores terceirizados para comercializar o acessório. A empresa não recebeu financiamento extra e faltou verba para a pós-produção e exibição do produto.

Além disso, a companhia só pode produzir 3 mil unidades e isso é um problema para encomendar matéria-prima. O distribuidor de um componente incomum, por exemplo, exigiu que eles pedissem um mínimo de 14 mil peças da fábrica porque não havia estoque.

Durante a produção, o teclado utilizou muitos componentes exclusivos que não puderam ser substituídos. O prazo de entrega de algumas dessas peças foi de meses. O controlador de bateria que utilizado no ano passado, por exemplo, foi descontinuado e o novo requer uma mudança na placa de circuito impresso — mas a produção já havia começado e alterar o layout exigiria aprovação da Lenovo/Motorola.

O custo de montagem também é alto, assim como a garantia de qualidade do dispositivo. Para finalizar, ainda havia questões sobre espessura e peso a serem solucionadas. A startup chegou a pedir uma grande remessa de componentes em julho, com objetivo de lançar o periférico no próximo mês. Mas, como visto acima, a coisa desandou.

De qualquer forma, a Livermorium diz que vai emitir reembolsos completos para os apoiadores. A empresa dize que vai continuar funcionando e agora procura produzir seu próprio smartphone com teclado deslizante — quem não pedir o dinheiro de volta receberá um desconto antecipado nesse telefone, caso seja mesmo lançado.

A Lenovo por enquanto não falou nada a respeito. E você, compraria esse teclado?