Muito se especula há algum tempo sobre um novo recurso que pode ser uma nova revolução nos smartphones: um sensor de impressão digital que funciona embutido na tela do dispositivo. A Samsung vem ameaçando trazer a ferramenta entre suas novidades para o Galaxy S10 e alguns rumores trazem mais informações a esse respeito.

A diferença entre os sensores vai ser apenas a tecnologia usada para realizar a leitura das impressões digitais

Segundo apurou a publicação sul-coreana The Investor, possivelmente a Samsung vai trazer três dispositivos sob o título de Galaxy S10 e mesmo o mais acessível entre eles vai trazer o sensor de impressão digital debaixo do visor do aparelho, removendo-o da parte traseira do smartphone e colocando-o de volta à parte frontal sem precisar aumentar ao tamanho das bordas do celular.

Quanto você quer pagar?

A diferença entre os sensores vai ser apenas a tecnologia usada para realizar a leitura das impressões digitais: nos dois modelos mais “caros” e, por consequência, mais poderosos, a Samsung vai instalar um sistema ultrassônico, que é mais rápido e preciso – e mais caro também, claro. No dispositivo mais acessível, o sensor é um clássico leitor óptico, cerca de três vezes mais barato que o ultrassônico.

Apesar de serem menos seguros e um pouco mais demorados na hora de realizar as leituras, os sensores ópticos são uma ótima maneira de implementar um recurso desse – embutido na tela – em um dispositivo um pouco mais barato. E se a mania pegar, pode esperar que vai ser a principal tecnologia utilizada em smartphones intermediários no mercado.