O Galaxy Note 9 é o principal lançamento da Samsung no segundo semestre e ele foi apresentado hoje (9) pela companhia de Seul. O modelo vem para substituir o Galaxy Note 8, lançado no segundo semestre de 2017, e traz recursos consideravelmente superiores em relação ao antecessor.

Um dos destaques fica por conta da bateria, que deu um salto imenso e foi de 3.300 mAh para 4.000 mAh. As especificações da câmera também estão levemente superiores, com direito a uma lente com abertura dinâmica de f/1.5-2.4 no modelo de 2017.

O processador foi atualizado para a versão mais lançada pela Qualcomm e a tela de 6,4 polegadas com proporção de 84,19% em relação ao painel frontal são outros destaques. Outras novidades do Note 9 são uma versão com 8 GB e a saída do modelo de 64 GB de armazenamento para a chegada de uma edição com 512 GB.

ChipsetQualcomm Snapdragon 845 (SDM845)Exynos 8895 Octa
Memória RAM6 GB ou 8 GB6 GB
Armazenamento Interno128 GB ou 512 GB64 GB ou 128 GB
Câmera Traseira12 MP (f/1.5-2.4, 26mm, 1/2.55") + 12 MP (f/2.4, 52mm, 1/3.6")12 MP (f/1.7, 26mm, 1/2.5", 1.4µm) + 12 MP (f/2.4, 52mm, 1/3.6", 1µm)
Capacidade de Bateria4000 mAh3300 mAh
Tipo de TelaSuper AMOLEDSuper AMOLED com 16 milhões de cores
Tamanho de Tela6,4 polegadas6,3 polegadas
Resolução de TelaQuad HD+ (1440 x 2960 pixels)Quad HD+ (1440 x 2960 pixels)

Galaxy Note 9 começa a ser vendido em pré-venda na próxima sexta-feira (10), com as vendas oficiais começando em 24 de agosto. O modelo de 128 GB sai por US$ 1 mil (cerca de R$ 3,8 mil), enquanto a versão de 512 GB custa US$ 1,250 mil (cerca de R$ 4,7 mil).