Fortnite, o maior concorrente do PlayerUnknown’s Battlegrounds (ou PUBG) Mobile, está chegando ao Android e já tem bastante gente esperando. Ainda que o título vá passar ainda um tempinho exclusivo da Samsung em sua chegada ao sistema operacional do robozinho verde, a ideia é de que ele esteja disponível para todos em 2019. Bem, quase, pois suas especificações devem exigir memória RAM e unidade gráfica (ou GPU) um pouco acima da média.

Um dos membros do grupo XDA Developers encontrou os dados sobre o Fortnite na API usada para a Epic Games em promoções ou serviços. E entre as informações estavam as especificações mínimas para que o jogo possa rodar nos dispositivos Android — com a última entrada atualizada na quinta-feira passada (2).

De acordo com o texto, Fornite Mobile para Android só vai rodar em sistemas operacionais 64-bit Android 5.0 Lollipop ou superior; mínimo de 3 GB de memória RAM e GPUs Adreno 530, Mali-G71 MP20 ou Mali-G72 MP12 ou melhor.

fortnite

A julgar por essas características, o título deve funcionar bem em produtos que tiverem os processadores Snapdragon 820 e o Exynos 8895, encontrados no Samsung Galaxy S7, no Google Pixel, no OnePlus 3 e 3T e outros semelhantes. Aliás, essa exigência é um pouco maior do que a listada nos boatos anteriores, que previam as GPUs Adreno 505 e Mali-T720. Ao que parece, a Epic Games teria subestimado a capacidade necessária para funcionar no Android.

Cupons de desconto TecMundo: