Já faz quase dois anos que a Samsung decidiu pular o "6" e lançar o Galaxy Note 7 para o mercado internacional. Como você deve se lembrar, o aparelho foi um sucesso de vendas e um desastre midiático. Com problemas na construção da bateria, uma grande quantidade de unidades do aparelho acabou (literalmente) pegando fogo e nem mesmo um recall foi suficiente. Três meses após o lançamento, o Galaxy Note 7 foi recolhido pela Samsung e descontinuado.

E parece que a Samsung quer mesmo apagar o Galaxy Note 7 de sua história. Apesar de ter feito um bom ano de 2017 e de ter feito um ótimo trabalho com a linha Note 8, a chama do desastre ainda não apagou (trocadilho horrível) na Coreia do Sul. Prova disso está em um vídeo que acaba de vazar e que deve ser mostrado oficialmente no lançamento do Galaxy Note 9 — que acontece já na semana que vem.

O vídeo mostra a linha do tempo da linha Galaxy Note, desde o primeiro modelo. Mas logo após o Galaxy Note 5, você pode ver que ele pula diretamente para o "Galaxy Note 8". Ou seja: o Note 7 foi completamente ignorado da lista. É claro que não demorou para que notassem isso, não é mesmo? Você acha que ignorar o aparelho foi um erro? Ou será que dois anos depois e já havendo uma excelente resposta ao problema (com o Note 8) é bom mesmo deixar o Note 7 em seu repouso eterno?

timeline do Galaxy Note