A Huawei é atualmente a terceira maior fabricante de smartphones do mundo, chegando até mesmo a passar da Apple em alguns momentos do último ano. Para manter o ritmo de expansão e a briga na ponta da tabela, a companhia chinesa deve mesmo lançar um smartphone dobrável antes de outra rival que tem planos semelhantes, a Samsung.

Quem reforça essa possibilidade é uma reportagem do site Nikkei, que cita analistas e fontes da indústria para cravar que a Huawei será a responsável por apresentar o primeiro smartphone dobrável do mundo. E a companhia faria uma aposta inicial bastante discreta visando, basicamente, se antecipar à concorrência.

“O volume planejado pela Huawei poderia ser de algo como 20 ou 30 mil unidades produzidas, ou até menos, para um pequeno grupo da primeira onda de adotantes”, informou uma pessoa inteirada do tema. “O esforço será principalmente para demonstrar a capacidade tecnológica [da Huawei] e para atrair a atenção da indústria e da imprensa.”

Huawei deve se antecipar à Samsung e anunciar o seu smartphone dobrável, o primeiro do mundo, ainda neste ano

Apesar de ter um plano assim tão claro para um dispositivo que deve chegar ainda neste ano, a Huawei não teria definido o preço de venda do seu novo smartphone. A definição de uma data exata para lançamento, também, dependeria ainda do nível de desenvolvimento das tecnologias usadas pela empresa no portátil.

Os painéis OLED seriam fornecidos pelo BOE Technology Group e seriam justamente um dos detalhes que precisam de ajustes para que a Huawei consiga definir um dia exato para o anúncio e consequentemente lançamento do primeiro celular dobrável do planeta. Vale lembrar que o Galaxy X (ou Galaxy F), possível nome para o dobrável da Samsung, deve ser anunciado em janeiro de 2019.