A Huawei apresentou hoje dois novos smartphones para sua família de aparelhos intermediários “nova”. Além do já anunciado nova 3e, a empresa apresentou para o mercado árabe o nova 3 e o nova 3i, com "poucas diferenças" entre si.

Os dois celulares contam com um design muito parecido com aquele que a fabricante chinesa entrega nos seus top de linha P20 e P20 Pro, com notch na parte de cima do display e traseira de vidro com organização bem familiar de elementos. Esses aparelhos também compartilham o mesmo conjunto de câmeras frontal; um sensor de 22 MP e outro de apenas 2 MP.

Essa segunda câmera de selfies basicamente serve para coletar informações de profundidade e perspectiva para que a Huawei consiga entrega o modo de embelezamento por inteligência artificial nesses smartphones.

nova 3

Esses aparelhos também compartilham a mesma tela: 6,3’’ com resolução Full HD+ (1080x2340) no formato 19,5:9. Excluindo-se o espaço utilizado pelo notch acima da tela, ficamos basicamente com um display 18:9, o vulgo 2:1 que já vem se tornando o novo padrão no mercado mobile.

As diferenças entre esses aparelhos começam nas especificações internas. O nova 3 comum chega ao mercado com o chipset Kirin 970, o mesmo dos top de linha atuais da marca, combinado com 4 GB de RAM e 128 GB de armazenamento. Na parte traseira, temos um segundo conjunto de câmeras duplo, com 24 MP e 16 MP. A bateria tem 3.750 mAh de capacidade.

nova 3

O nova 3i, por sua vez, é um pouco mais modesto no chipset e nas câmeras traseiras. Em vez do Kirin 970, temos o Kirin 710. Na parte traseira, há dois sensores fotográficos, de 16 MP e de 2 MP. Esse aparelho tem a mesma quantidade de RAM e armazenamento do modelo mais poderoso, mas conta com uma bateria menor, de 3.340 mAh.

Ainda não se fala em disponibilização comercial desses dispositivos fora do mercado dos Emirados Árabes Unidos, mas, por lá, o nova 3 custa o equivalente a R$ 1,8 mil, e o nova 3i custa aproximadamente R$ 1,5 mil.

Cupons de desconto TecMundo: