Que tipo de formato você usa quando envia mensagens além das textuais; somente o áudio ou vídeo também? Bem, de acordo com o relatório Digital Consumer Insights 2018, que avalia o comportamento dos consumidores de tecnologia por meio de pesquisas sazonais, os brasileiros utilizam mais a conexão direta por vídeo do que por voz.

O levantamento foi realizado pela empresa Ovum, junto a 5121 pessoas no Brasil, China, África do Sul, Reino Unidos e Estados Unidos. A China concentra o maior número de usuários das chamadas por vídeo, com 76% dos entrevistados dizendo ter feito ao menos uma ligação dessa forma por meio de um app no smartphone no último mês.

O Brasil figura em segundo nessa lista, com 72% — e 53% afirmando ter se comunicado com voz em tempo real. Os números também são consideráveis na África do Sul (65% por vídeo e 44% por voz) e caem no Reino Unido e nos Estados Unidos. Isso indica que esses consumidores ainda preferem usar o texto ou as chamadas tradicionais.

pesquisa

Para as operadoras, essas não são boas notícias, pois assim elas veem suas receitas vindas das ligações convencionais serem canibalizadas pelos serviços de voz e vídeo sobre IP. Uma das soluções para as companhias, segundo o documento, seria oferecer alternativas semelhantes, a baixo custo. Se isso não acontecer, a tendência é que se use mesmo cada vez menos as chamadas telefônicas de outrora e cada vez mais os aplicativos de comunicadores instantâneos. “Caso contrário, é preciso reconhecer a derrota e se retirar”, projeta a análise.

E você, usa mais chamadas por voz ou por vídeo? E ainda realiza muitas chamadas telefônicas tradicionais? Diga para a gente ali nos comentários.