De acordo com informações de uma fonte anônima do DigiTimes, a Apple teria assinado um contrato com a empresa japonesa Nichia para produção de chips “0,3t LED”, que seriam os controladores de imagem e iluminação para displays mobile construídos no padrão LCD. Usando esses chips em vez dos “0,4t LED”, a Apple conseguiria lançar um novo celular com preço similar ao do iPhone 8, mas com um design parecido com o do iPhone X.

Isso quer dizer que o aparelho teria bordas finas em volta do display, e provavelmente também o notch na parte de cima. Esse novo iPhone seria mais barato justamente por conta da tela LCD, que é consideravelmente mais econômica no processo de fabricação do que as OLED que a empresa usa hoje no iPhone X.

Desde o início do ano, rumores de que a Apple lançaria três novos iPhones em 2018 — todos com o design do iPhone X — circulam na web. O modelo com tela LCD seria o substituto para os iPhones 8 no que diz respeito a preço, os outros dois seriam os top de linha da Apple, ambos com tela OLED. Todos eles contariam com o Face ID em vez do Touch ID.

Chip menor, borda menores

Mas o que esses chips 0,3t LED tem a ver com o fato de as bordas da tela LCD do novo iPhone de baixo serem mais finas? Aparentemente, esses chips menores fazem com que seja possível diminuir o tamanho dos conectores do display que ficam escondidos dentro do smartphone. É por isso que muitos aparelhos tem a borda superior da tela minúscula, mas ainda mantém um “queixo” na parte de baixo. Com telas OLED, é possível dobrar o display para trás e esconder melhor o conector, mas isso não é uma opção para o LCD.

Por isso, a Apple teria feito essa parceria com a japonesa Nichia para encontrar uma forma de usar telas mais baratas e ter resultados estéticos mais parecidos com o que vemos no OLED. De acordo com o DigiTimes, o queixo de um smartphone com tela LCD e chips 0,4t LED precisa ter algo entre 4 e 4,5 mm. No caso dos chips 0,3t LED, esse tamanho cai para 2 a 2,5 mm. Isso aparentemente é o suficiente para a Apple.

A Nichia já teria começado a testar esses novos chips para a Apple, e deve estar com toda a sua capacidade produtiva comprometida até o fim do ano só com a Maçã. Dessa maneira, é provável que a Apple seja a única marca com um celular de tela LCD com bordas mais finas por pelo menos alguns meses.

Cupons de desconto TecMundo: