Uma pesquisa feita nos Estados Unidos pela Universidade de Chicago e pela Agência Nacional de Pesquisa Econômica (NBER) concluiu que ter um iPhone ou um iPad é um sinal de riqueza. Os pesquisadores levaram em conta dados de 2016 para identificar os produtos da Apple como “preditivos” de que seus donos são endinheirados.

Para chegar a esse ponto, os analistas apresentaram dados: 70% dos donos de iPhone têm uma receita maior do que a maioria das pessoas, indicando uma tendência de que quem compra os produtos da Maçã é rico. Entre os donos de iPad, 66,9% deles têm maior probabilidade de ter uma receita superior à das demais pessoas; entre quem usa Android, essa chance cai para “apenas” 59,5%.

Vale notar que a avaliação usa dados de 2016, portanto, não engloba o iPhone X, que chegou às lojas dos Estados Unidos no ano passado custando US$ 1 mil. E se lá nos EUA, com um poder aquisitivo maior, ter um portátil da Apple é sinal de riqueza, o que dizer aqui do Brasil, onde o preço oficial do dispositivo é de R$ 7 mil?

Cupons de desconto TecMundo: