Um manual de instruções do Quantum You 2 —o próximo smartphone de entrada da marca brasileira — vazou em um grupo do Facebook e revelou uma série de detalhes acerca do dispositivo, incluindo seu design. O que esse novo celular tem de mais interessante, contudo, é o seu sistema operacional, que deve ser o Android Go intocado, assim como a Google o concebeu. O aparelho seria, portanto, o quinto modelo no mercado brasileiro a contar com esse software.

Além do manual vazado na rede social, e encontrado pelo TudoCelular, o aparelho também já está disponível na listagem de smartphone homologados pela Anatel. O modelo aparece sob o código QE83 e, com isso, já pode ser comercializado em todo o Brasil.

A Quantum dará mais detalhes na chegada do produto ao mercado, prevista para o terceiro trimestre deste ano

Não temos uma data concreta para a chegada desse smartphone às prateleiras, mas a Quantum confirmou sua existência ao TecMundo e explicou que o dispositivo deve ser revelado oficialmente em breve. “A Quantum dará mais detalhes na chegada do produto ao mercado, prevista para o terceiro trimestre deste ano”, disse a empresa em comunicado oficial.

No que toca o design, o aparelho parece relativamente simples, mas parece que sua tela vem naquele formato mais moderno e alongado, o 18:9. Isso garante mais espaço útil de tela sem tornar o smartphone difícil de segurar. A tampa traseira parece ser feita em plástico com acabamento fosco, e há uma câmera organizada de forma bem similar ao que a Motorola oferece em seus dispositivos, além de um leitor de impressões digitais e a logo da Quantum.

A tampa traseira é removível, sendo possível perceber espaço para dois chips SIM e para um cartão de memória micro SD. As duas câmeras, a da frente e de trás, são acompanhadas por flashes LED. Por fim, temos uma conexão micro USB para dados e energia, além de um plugue de 3,5 mm (P2) para áudio.

Não temos informações sobre tamanho de tela, resolução, memória RAM ou armazenamento, mas parece que existe a possibilidade de esse modelo ser o primeiro da Quantum a trazer um chipset Snapdragon. Isso porque a Google limita as possibilidades de hardware para aparelhos com Android Go, uma vez que a gigante das buscas é quem faz e libera as atualizações de software de forma direta para esses dispositivos.

Também não temos ideia do que pode ser cobrado por esse celular quando ele chegar ao mercado, mas imaginamos que ele não deva custar mais caro que o Positivo Twist Metal, que é, por enquanto, o Android Go mais caro no Brasil, custando R$ 700.

Cupons de desconto TecMundo: