A Consumer Intelligence Research Partners (CIRP) estima que de 15% a 20% dos iPhones vendidos todos os trimestres sejam adquiridos por ex-usuários de Android. Segundo estudo feito publicado nesta semana pela organização, essas pessoas tendem a procurar um modelo mais em conta do smartphone da Apple quando resolvem abandonar os dispositivos com o sistema da Google.

De acordo com a CIRP, o número de antigos usuários de Android que compram o iPhone SE é duas vezes maior em comparação com as compras feitas por quem já tem um iPhone. Por outro lado, o número de donos de iPhone que compraram um iPhone X é duas vezes maior do que o de ex-donos de Android que fizeram o mesmo.

“Os antigos usuários de Android gravitam pelos modelos de iPhone de preço mais baixo, o que faz sentido para nós, com telefones Android oferecendo uma gama maior de aparelhos, muitos de preço relativamente baixo”, registra o estudo da CIRP. “E desde que tudo em um iPhone é novo para eles, há menos valor em comprar o mais recente modelo de ponta com os recursos mais avançados”, explicam os especialistas.

iphoneModelos mais baratos do iPhone fazem sucesso entre ex-donos de iPhones, aponta a CIRP.

O interesse de quem parte do Android para o iPhone também se direciona para os modelos grandes do smartphone da Apple. Conforme revela a CIRP, 40% dos ex-donos de Android optam por modelos Plus do iPhone, enquanto apenas 30% dos atuais donos de iPhone procuram essa versão do portátil.

A CIRP consultou 2 mil pessoas que compraram um iPhone nos Estados Unidos durante o período compreendido entre março de 2017 e março de 2018.

Cupons de desconto TecMundo: