A Google começou no início deste ano a montar uma lista de dispositivos chamada “Android Enterprise Recommended Program”, que essencialmente certifica diversos celulares e tablets para uso corporativo. É como se a Google estivesse dizendo para as empresas: pode comprar esses aqui que eles vão receber atualizações de segurança e terão suporte duradouro. Nesta sexta-feira (15), a criadora do Android adicionou 17 novos dispositivos nessa lista.

É interessante destacar especialmente que duas novas marcas entraram para o programa, a Sharp com o Aquos SH 10-K e a Sonim com o XP8. Fora essas duas novidades, a Huawei certificou os primeiros tablets no programa da Google, os MediaPad M5 de 8,4’’ e os de 10,8’’ de tela.

google

A chinesa ainda certificou dois novos celulares, o P20 e o P20 Pro. A Motorola colocou os Moto G6G6 PlusZ3 Play no pacote, e a HMD Global veio com os Nokia 5.1, 3.1, 6, 7 Plus e 8 Sirocco. A adição mais esperada do Android Enterprise Recommended Program, entretanto, o BlackBerry Key2, também foi confirmado, além de vários outros como Sony Xperia XZ2 e XZ2 Compact.

Para colocar dispositivos nesse programa, a Google exige que as fabricantes entreguem todas as atualizações mensais de segurança em até 90 dias depois do lançamento nos Pixel, além de pelo menos uma grande atualização de versão do Robô. Fora isso, todos os aparelhos da lista precisam ter pelo menos 2 GB de RAM, 32 GB de armazenamento e um conjunto de câmeras com no mínimo 2 MP na frente e 10 MP atrás. A empresa também se certifica de que os dispositivos realmente possuem um desempenho aceitável.

Apesar de ser uma lista de recomendação de aparelhos que podem interessar a grandes e pequenas empresas para uso corporativo, essa lista também pode ser uma boa forma de escolher smartphones para uso pessoal. Comparando esses modelos, você tem a garantia de que seu smartphone não perderá o suporte a atualizações muito em breve.

Cupons de desconto TecMundo: