Uma das grandes novidades anunciadas hoje pela Google, o Android P traz um recurso inédito para o sistema operacional no que toca o gerenciamento da energia disponível na bateria dos aparelhos. Chamado de Bateria Adaptativa, ele é ativado manualmente e permite que o próprio sistema identifique apps menos utilizados para limitar os seus recursos, reduzindo assim o consumo da bateria.

Segundo revela o The Verge, a equipe responsável pelo desenvolvimento do Android dentro da Google se juntou a um time da Deepmind, empresa-irmã da gigante da web e também subsidiária da Alphabet, para dar um toque de inteligência artificial no controle da bateria. São esses recursos de IA que permite ao sistema compreender melhor a forma como um aparelho é usado e, a partir disso, criar predefinições automaticamente.

No palco da Google I/O 2018, o vice-presidente de engenharia da equipe do Android garante que a redução do consumo de recursos da CPU do smartphone pode chegar a 30% graças a essa nova funcionalidade. Isso tudo se traduz em um melhor aproveitamento da energia disponível e pode ser especialmente útil para prolongar a duração de uma carga.

Cupons de desconto TecMundo: