A Sirin Labs é uma companhia especializada em segurança que desenvolve sistemas e aparelhos em torno de um conceito ultraprotegido. Agora, ela acaba de fechar uma parceria com a Foxconn para que a tradicional parceira da Apple dê vida ao Finney, o primeiro celular blockchain do mundo desenvolvido pela empresa e que já está em fase de pré-venda.

A novidade foi anunciada pelo Twitter nesta quarta-feira (4) e, de fato, será completada pela FIH Mobile, uma subsidiária da Foxconn. De acordo com a desenvolvedora, o novo aparelho se trata de uma mistura de smartphone e carteira digital segura para que o usuário guarde e utilize as suas criptomoedas de maneira mais prática.

O Bloomberg informa que a companhia arrecadou US$ 158 milhões em uma oferta inicial de moeda em dezembro de 2017, somando esse valor a US$ 70 milhões arrecadados anteriormente. A sua criptomoeda própria é o SRN, já disponível para compra em vários marketplaces.

Em fase de pré-venda, o Finney está sendo vendido com 10% de desconto por US$ 899 (cerca de R$ 3 mil). O seu preço oficial, porém, é de US$ 999 (cerca de R$ 3,3 mil).

Cupons de desconto TecMundo: