É comum que algumas empresas emprestem seus lançamentos recentes para os jornalistas que comparecem a eventos como CES e MWC para que os profissionais da imprensa experimentem a peça antes de todos. Com o portátil em mãos, eles tentam extrair o máximo deles em pouco tempo a fim de ter uma ideia de como tudo está antes do lançamento oficial.

Foi o caso de Andrei Frumusanu, do site AnandTech, que pôde testar o Galaxy S9+ (versão com Exynos 9810) por alguns momentos durante a MWC 2018. O problema é que os resultados encontrados por ele são no mínimo estranhos, pois em todos os comparativos o aparelho ficou atrás de alguns de seus principais rivais, como o iPhone X e o iPhone 8.

Em algumas avaliações, ele perde também para o Pixel 2 XL, para o Huawei Mate 10 Pro e até mesmo para o iPhone 7, lançado em 2016. “O que fica claro é que há algo muito, muito errado com o S9+ com Exynos 9810 que eu testei”, escreveu Frumusanu. “Foi difícil até mesmo distinguí-lo do Exynos 8895, do ano passado”, complementou.

GFXBench

Modelo não otimizado?

De fato, é estranho imaginar que o processador do Galaxy S9 e do Galaxy S9+ (e possivelmente do Galaxy Note 9) tem tantos problemas assim a ponto de perder em comparativos para celulares lançados há mais de um ano. A explicação mais óbvia, então, é a de que o modelo disponibilizado pela Samsung durante a MWC não estava funcionando a pleno vapor.

“Um representante da Samsung me confirmou que a unidade de demonstração estava rodando um firmware especial para a MWC e poderia não estar otimizada”, registrou. “Tenho um pouco de dificuldade de acreditar que eles limitariam tão drasticamente o desempenho do dispositivo para as unidades demonstrativas e menos ainda de que eles mexeriam com o calendário [de lançamento]”, comentou o analista.

A outra possibilidade é a de que a Samsung estaria limitando o desempenho do seu chipset próprio para que ele ficasse ao nível do Snapdragon 845, processador da Qualcomm que dará vida ao S9 e ao S9+ vendido nos Estados Unidos.  “Contudo, as pontuações que obtive com esses dispositivos não fazem qualquer sentido, então, espero que isso seja um equívoco capaz de ser resolvido via firmware e nós possamos ver todo o potencial do chipset”, concluiu.

Confira as melhores ofertas da Apple e da Samsung aqui: IPhone XIPhone 8Samsung Galaxy S8Samsung Galaxy S8+.

Cupons de desconto TecMundo: