Apple diminuiu a produção de componentes para a fabricação dos modelos de smartphone da atual geração — ou seja, iPhone 8iPhone 8 PlusiPhone X — durante todo o primeiro trimestre de 2018. A informação é do site DigiTimes.

Segundo a página, essa é uma estratégia natural da fabricante, que precisou aumentar a produção dos dispositivos para atender ao alto período de vendas do lançamento dos smartphones e também do Natal.

Além disso, as vendas do iPhone 8 não teriam sido tão boas quanto o esperado, ficando inclusive abaixo da meta estabelecida pela empresa durante o final do ano.

Isso é bom ou ruim?

A Apple não costuma divulgar números exatos de vendas de cada modelo, mas as notícias da baixa produção e até do sucesso abaixo do esperado estão longe de serem negativas.

O principal motivo é que o consumidor que deixou o iPhone 8 de lado acabou optando pelo iPhone X, que não só é da mesma empresa como acaba saindo mais caro. Assim, a "canibalização" dos produtos pode ter sido um teste que não saiu tão bem como o esperado, mas também não significa que ela vá perder dinheiro ou cliente. As finanças do último trimestre, que devem incluir dados sobre dispositivos iOS vendidos, serão reveladas pela Maçã em 1º de fevereiro.

Cupons de desconto TecMundo: