Ok, pessoal, realmente não estamos brincando quando falamos que os milhões de vazamentos que antecedem o lançamento de um novo celular estão deixando cada vez menos material para a imaginação – ou para o anúncio oficial do dispositivo. Duvida? Bem, basta visitar as páginas do TecMundo dedicadas ao Galaxy S9 e ao Galaxy S9+ para saber do que estamos falando. Como se isso não fosse o bastante, acabam de publicar na internet alguns benchmarks do S9+. E, bem, o bichinho é um monstro!

De acordo com o relatório postado no site do Geekbench na última terça-feira (19), o próximo top de linha da Samsung deixa no chinelo qualquer outro lançamento anterior da marca. O segredo parece ser a presença do vindouro – e bruto – Snapdragon 845 no kit do smartphone. O novo chipset da Qualcomm mostra a que veio e, ao que tudo indica, faz o celular de modelo SM-G965 voar baixo.

Nos testes que se aproveitam de apenas um núcleo do processador octa-core, o Galaxy S9+ anota uma pontuação de 2422. Enquanto isso, na análise multi-core, o placar é de nada menos que 8351. Para efeitos de comparação, os recordes dos aparelhos da sul-coreana até o momento ficavam na faixa dos 2000 e 6500 pontos – em single e multi-core, respectivamente.

benchmark

Além de jogar a expectativa a respeito do dispositivo lá no alto, o benchmark confirma algumas características que já vinham sendo esperadas para o S9+, como o fato de ele sair de fábrica já com o Android Oreo (8.0) e ter 6 GB de memória RAM. Supostamente, o Galaxy S9 deve trazer apenas 4 GB de RAM, mas mantendo o mesmo SoC do seu irmão maior – o que garante que o brinquedinho também tenha uma performance invejável.

A ideia é que a família Galaxy S9 seja revelada oficialmente durante o MWC 2018 e comece a ser vendida pouco tempo depois, em meados de março do ano que vem. E aí, empolgado para o próximo lançamento da Samsung?