Google liberou ontem (19) um comunicado para falar de mudanças na Google Play, as atualizações que acontecem anualmente para melhorar a segurança e o desempenho da loja virtual da companhia para os desenvolvedores. São três alterações importantes, a começar pelo fato da plataforma só aceitar apps com versões 64-bit a partir de agosto de 2019.

Os códigos de 64-bit normalmente oferecem melhor performance, com o uso de registros e instruções adicionais

As arquiteturas de 64-bit foram introduzidas em 2015 no Android 5.0, o Lollipop, e atualmente mais de 40% dos dispositivos que estão sendo ativados já vêm com suporte ao avanço, enquanto ainda mantêm a compatibilidade com as de 32-bit. Os códigos de 64-bit normalmente oferecem melhor performance, com o uso de registros e instruções adicionais.

Já antecipando a multiplicação de smartphones 64-bit, a ferramenta para programadores Play Console vai passar a exigir que novos apps e atualizações de antigos tenham uma biblioteca nativa alternativa para 64-bit. A gigante de Mountain View afirma que avisa agora para que todos tenham tempo o suficiente para essa adaptação e adianta que deve publicar novidades e tirar dúvidas junto aos usuários até lá.

Play Store Google

Bem, isso não é assim uma novidade tão grande no mercado, já que a Apple vem realizando o upgrade para 64-bit desde fevereiro de 2015 e o iOS 11 deixou os 32-bit para trás em setembro deste ano. Em geral, é uma boa para os consumidores, pois o patamar passa a ser mais alto, em termos de ecossistema e estrutura.

Novo nivelamento de API e “emblema de segurança”

Além de algumas correções em aplicações das versões recentes do Android, a Google também estabeleceu que o Play Console terá novas exigências a partir de agosto do próximo ano. Todos os novos títulos, assim como as atualizações para os já existentes, terão que alcançar o nível 26 (Android 8.0) de API ou superior.

Para encerrar a rodada de novidades, a companhia afirmou que está inserindo uma nova camada de metadados em cada pacote de APK, para verificar se ele realmente é oficialmente distribuído pela Google Play. Nenhuma mudança precisa ser realizada, esse “emblema de segurança” é um update de autenticação automática.

Cupons de desconto TecMundo: