O recém-lançado OnePlus 5T finalmente já está nas mãos de muitos consumidores que aguardavam ansiosamente pelo seu lançamento. Depois de protagonizar falhas em versões anteriores de seus smartphones, agora a chinesa OnePlus aposta no novo 5T para garantir aparelhos de alta qualidade. Mas o sucessor do OnePlus 5, que trouxe diversas melhorias em relação ao modelo anterior, já tem sido alvo de problemas apontados pelos usuários. 

Os consumidores têm relatado que o OnePlus 5T apresenta problemas com serviços de transmissão de vídeos de alta qualidade. O aparelho simplesmente não consegue transmitir vídeos em HD dos provedores mais utilizados, como Netflix e Google Play Movies. No fórum da comunidade OnePlus, existem relatos de que o 5T também não reproduz o conteúdo da Amazon Prime Video. 

Por que o OnePlus 5T não reproduz vídeos em HD de alguns serviços de streaming?

Foi aí que um usuário decidiu fazer um teste de DRM e identificou que o OnePlus 5T só suporta o nível 3 do plugin Widevine. Isso significa que o aparelho não tem o requisito mínimo dessa plataforma para reproduzir vídeos em alta resolução dos serviços de streaming, ficando restrito a transmitir as imagens somente na qualidade padrão. O mesmo ocorre com o modelo de smartphone OnePlus 5.

Widevine DRM é um serviço de licenciamento e proteção de direitos autorais e de distribuição na reprodução de conteúdo. As empresas de streaming, como a Netflix, contratam a plataforma para garantir a segurança na reprodução do conteúdo nos aparelhos dos seus clientes. Para isso, a Widevine, uma empresa da Google, oferece soluções de criptografia, adaptação de streaming, extensões, entre outras características da proteção de conteúdo.

Mas se o dispositivo, como Smart TV, smartphone, computador ou qualquer aparelho que reproduza vídeos, não tiver suporte à tecnologia, o usuário fica na mão. No caso da Widevine, são 3 níveis de soluções. Para poder reproduzir vídeos de alta qualidade dos seus clientes, é preciso que o streaming e o aparelho tenham suporte ao nível 1.

A boa notícia é que nem todos os serviços de streaming utilizam a plataforma Widevine DRM para proteger seu conteúdo. O YouTube, por exemplo, não emprega essa tecnologia. Sendo assim, o YouTube não vai apresentar problemas de reprodução em HD para quem tiver o OnePlus 5T.  Esse modelo não é vendido no Brasil, mas quem pretende importá-lo precisa estar ciente dessa limitação.

De acordo com o site 9to5, a OnePlus planeja atualizar o 5T com o Widevine nível 1 no futuro. No entanto, não há informações sobre quando isso poderia acontecer nem mais detalhes sobre os motivos de essa mudança já não ter sido feita antes do lançamento.

Cupons de desconto TecMundo: